A pandemia da Covid-19 culminou em uma série de situações entre as quais a Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (AMHASF) se viu obrigada a ajustar o horário, a fim de não comprometer o atendimento à população. Além das medidas adotadas de prevenção e combate ao novo coronavírus nas dependências da Agência (medidas de higienização, limpeza e sanitização de todos os ambientes internos), a partir desta terça-feira (28) o atendimento ao público na AMHASF passa a ser de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 13h30, corridos.

A Portaria AMHASF nº 018, publicada no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) desta segunda-feira (27), estabelece a redução do horário de atendimento em decorrência da diminuição do efetivo de servidores que trabalham diariamente na Agência.

Além daqueles que atuam na modalidade home office, outros pertencem a grupos de risco e por isso estão impedidos (por força de Decreto Municipal) de trabalhar nas dependências da AMHASF. Cabe destacar que estes servidores afastados possuem importância fundamental no cotidiano das funções administrativas, no trabalho a campo e no atendimento ao público. Suas ausências tiveram grande impacto, o que também contribuiu na redução da jornada de trabalho.

Por sua vez, os servidores que permanecem na linha de frente do atendimento também estão sobrecarregados pela ausência, prevista em Lei, dos mirins, essenciais para a manutenção das rotinas de trabalho. Diante dessas circunstâncias, o atendimento ao público passa de 8 horas a 6 horas (7h30 às 13h30) até o final do mês de agosto. Este prazo poderá ser estendido, conforme o quantitativo do efetivo de trabalho e o estado de emergência do município.

A Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários ainda oferece atendimento eletrônico ao presencial. Para informações, novo cadastro, atualização de dados pessoais e solicitação de boletos de financiamento habitacional, basta entrar em contato pelo telefone fixo (67) 3314-3900, pelo WhatsApp (67) 99106-8041 ou pelo site da Agência: www.campogrande.ms.gov.br/amhasf.