Campo Grande, MS
quinta-feira, 26 de novembro, 2020

Educação

Mídia CG > Educação > ALUNOS DA REME SE DESTACAM E CONQUISTAM PREMIAÇÕES EM FEIRA DE TECNOLOGIA

ALUNOS DA REME SE DESTACAM E CONQUISTAM PREMIAÇÕES EM FEIRA DE TECNOLOGIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Alunos de escolas da Reme  (Rede Municipal de Ensino) tiveram seus trabalhos premiados na Fetec (Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul), na categoria Júnior que contempla alunos do 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental.

A diversidade marcou os temas apresentados pelos alunos da Reme, e abrangeu desde a criação de repelentes naturais até uma pesquisa sobre o valor que o brasileiro paga em impostos.

A Fetec é realizada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e pelo Grupo Arandú de Tecnologias e Ensino de Ciências e tem o objetivo de estimular a criação de trabalhos científicos e aproximar escolas públicas e privadas da universidade, além de fortalecer as redes tecnológicas estaduais e regionais.

WhatsApp Image 2018-11-14 at 10.21.57 (1)Vencedora do primeiro lugar na área de Ciências da Saúde, a escola Padre Thomaz Ghirardelli conquistou a medalha de ouro com o trabalho dos alunos do 6º ano, Wellington Almeida Marques, Fernanda Veríssimo Gomes e Elidiane Albuquerque Araújo. O grupo desenvolveu dois repelentes naturais, um à base de cravo da índia e outro com citronela.

A aluna Elidiane explica que a ideia foi criar uma solução econômica para a população de baixa renda combater o mosquito transmissor da dengue, zica e chikungunya. “Escolhemos esse trabalho enquanto estávamos fazendo pesquisas no laboratório de Ciências da escola”, contou.

Orgulhoso da conquista dos alunos, o professor Anderson Correa Branco, orientador do trabalho, disse que a criação do Clube de Ciências na escola, ano passado, tem estimulado o prazer pela pesquisa entre os alunos.

“Sempre acreditei no trabalho delas e agradeço muito o apoio da direção da escola, que tem sido fundamental nestas conquistas. O laboratório de Ciências que temos na unidade também estimula o conhecimento”, ressaltou.

Conhecimento

Premiada em terceiro lugar na área de Ciências Sociais e Aplicadas, a escola Professora Elizabel Maria Gomes Salles apresentou trabalho que teve como tema uma análise dos impostos pagos pelo consumidor nos produtos da cesta básica, desenvolvido pelas alunas Amanda Silva e Karina Dias, sob orientação da professora Clarissa Flores Candido.

Segundo a orientadora, a pesquisa começou a ser feita ano passado em diversos mercados. As alunas utilizaram a tabela de impostos que incide sobre cada produto e fizeram o cálculo de quanto o consumidor paga.

“Gostei de participar e acho importante fazer pesquisas porque podemos cobrar nossos direitos”, pontuou Karina. A escola também ganhou destaque com o trabalho Inclusão Escolar – uma visão dos alunos sem necessidades especiais, desenvolvido pelos alunos  Emanuelly Viana, Igor Luan e Julia Gabrielle, com orientação das professoras  Clarissa Flores Candido e Sandra Maria Duarte do Carmo. O prêmio será a participação dos alunos na oficina Cientista que tem em mim, que acontecerá em dezembro, na UFMS.

“Esse é um conhecimento que eles irão levar para a vida toda. Nós professores ficamos felizes porque temos nosso trabalho reconhecido também”, afirmou Clarissa.

Já a escola Antônio José Paniago conquistou o 4º lugar geral da Feira com o trabalho sobre germinação do feijão em diferentes substratos, realizado pelos alunos Isabelli Machado Nunes, Evellyn de Sena Furoni e Paulo Isaque Xavier Almeida, todos do 6º ano.

Os alunos foram orientados pelas professoras Daniela Ito Gorski e Daiane Rocha Generoso Vicente. “Não esperava essa conquista, mas eu gosto muito de Ciências, de fazer experimentos no laboratório da escola”, disse Isabelli.  A escola ainda conquistou duas bolsas de estudo para cada aluno.

No 9º ano também houve vencedores. As alunas Gabriela de Souza Martins, Miriãn Samira Rosa de Jesus Dias eTalita Ocampos Rojas, conquistaram credenciamento para a Campo Grande Expo e o direito de participar de uma expedição científica ao Pantanal, O grupo apresentou um projeto de implantação de um sistema aquapônico reutilizando água da chuva, com orientação do professor  Felipe Vitório Lucero.

Também receberam premiações, a escola João de Paula Ribeiro, que ficou em segundo lugar na classificação geral da Fetec Júnior com um levantamento dos hábitos alimentares de uma turma do Ensino Fundamental, feito pelos alunos do 4º ano, Samuel de Lima, João Gabriel Antunes Farias e Daniel Holsbach Pereira Machado e a escola Kame Adania, que faturou na categoria geral individual com o aluno Gabriel Alves Mota e a professora Aline de Oliveira Pereira Ferrari.