Campo Grande, MS
domingo, 23 de janeiro, 2022

Notícias

Mídia CG > Notícias > Atletas de Karatê do Rede Solidária são destaque em competição na Capital

Atletas de Karatê do Rede Solidária são destaque em competição na Capital

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Buscando o fortalecimento emocional, auto-controle e concentração dos atletas praticam a modalidade de Karatê, o Programa Rede Solidária levou ao Campeonato Campo-grandense de Karatê Kenshi-Kai vinte quatro atletas das duas unidades do programa, que é desenvolvido pelo Governo de Mato Grosso do Sul, e gerenciado pela Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

O Campeonato deste ano aconteceu no Ginásio de Esportes da Escola Estadual Joaquim Murtinho, é uma promoção da Federação de Karatê Kenshi-Kai de Mato Grosso do Sul com apoio do Governo do Estado através da Secretaria de Educação (SED) e da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Concentração, controle emocional e respeito são bases para a modalidade.

Segundo o Mestre Marcos Ribeiro, professor da modalidade no projeto, o resultado da participação dos atletas foi positivo: “Nós buscamos destaque na competição com medalhas e boas colocações, e atingimos ótimos resultados, mas vai além disso, buscamos o controle emocional e concentração dos atletas, praticando o respeito ao próximo, o convívio com outros atletas, o que fortalece os vínculos de socialização e amizade”, destaca.

Atletas da modalidade Baby alcançaram resultado excelente na competição.

Dos 24 atletas, três competiram na modalidade Baby, até seis anos, conquistando todos o primeiro lugar na categoria. Outros seis alunos também alcançaram o primeiro lugar, desta vez na modalidade luta real em três categorias sendo leve, médio e pesado. Três competidores do programa alcançaram o terceiro lugar nesta mesma modalidade. Já o vice-campeonato foi conquistado por mais seis atletas, um deles é o aluno Pedro Jorge, de 12 anos, que participou pela segunda vez da competição.

“Já treino tem dois anos no projeto, dessa segunda vez que participo, eu estava também um pouco nervoso, mas consegui competir. Eu gosto de competir”, contou o aluno que se destacou no Campeonato Estadual de 2018 alcançando o 3° lugar na competição, e este ano quer buscar uma melhor colocação.

“Agora vamos nos concentrar nos treinos para o Estadual em outubro e também para nosso campeonato do Rede Solidária, que contará com a participação de atletas de fora e será uma ótima oportunidade de trabalhar os benefícios da competição com nossos alunos buscando sempre um ganho para o desenvolvimento mental e emocional das crianças”, relata Marcos Ribeiro.

O desenvolvimento da oficina de Karatê no Rede Solidária faz parte do módulo de ação Educação, Cultura e Esporte que visa promover o desenvolvimento individual através da educação, cultura, esporte, lazer, promovendo fortalecimento dos vínculos familiares e garantindo cidadania por meio de atividades culturais, educativas e assistenciais.

Saúde para o corpo e mente

O Karatê tem por filosofia a busca pela elevação espiritual, desenvolvimento da força física e mental, desenvolvimento cultural e cavalheirismo, integrando saúde do corpo e da mente. É uma arte marcial milenar, tem sua origem no Oriente (Índia ou China), busca a promoção da defesa sem armas, usando as mãos, os pés, os joelhos, os cotovelos e até mesmo a cabeça.

Fortalecimento de vínculos afetivos também promovem benefícios aos atletas do Karatê do Rede Solidária.

Fonte: Portal do MS