Campo Grande, MS
terça-feira, 20 de abril, 2021

Saúde

Mídia CG > Saúde > CAMPO GRANDE SE DESTACA NA FORMAÇÃO DE NOVOS PROFISSIONAIS E NA MELHORIA DA ASSISTÊNCIA PRESTADA À POPULAÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

CAMPO GRANDE SE DESTACA NA FORMAÇÃO DE NOVOS PROFISSIONAIS E NA MELHORIA DA ASSISTÊNCIA PRESTADA À POPULAÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

Fonte: PMCG

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Nos últimos quatro anos, Campo Grande ampliou significativamente o acesso aos serviços de saúde ofertados à população, saindo de 33% para 75% em cobertura de estratégia de saúde da família. O saldo positivo que projeta a Capital de Mato Grosso do Sul como a oitava melhor do País, é fruto de inúmeras ações desenvolvidas pela atual gestão, que vão desde o investimento na formação e qualificação de novos profissionais por meios dos programas de residências, até a reestruturação do sistema de saúde de uma forma em geral.

De forma promissora e inédita, a Capital no ano passado a maior residência multiprofissional do País e se projetou em âmbito nacional como referência na formação voltada especificamente à Atenção Primária, considerada o pilar da assistência em saúde.

Neste ano, de forma promissora, o município encarou novamente o desafio de conduzir um dos maiores processos de formação profissional na área saúde do Brasil.

No último mês foram realizadas provas para 838 profissionais da saúde de 19 estados do País, que se inscreveram para ingressar nas 92 vagas Residência Médica de Psiquiatria e multiprofissional de Saúde Mental, Residência Médica e Multiprofissional em Saúde de Família, para profissionais formados nas áreas de Medicina, Enfermagem, Psicologia, Serviço Social, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia e Odontologia.

Com isso, a Rede Municipal de Saúde passará a contar com 208 Profissionais residentes R1- R2.

“Esse é um processo histórico e muito importante para a saúde pública não só do nosso município, mas como de todo o Estado. Temos orgulho de ostentar o título de um dos maiores programas de formação e qualificação de profissionais em saúde de família do País. Isso é resultado de gestão visionária e comprometida com a população”, destacou o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

Consolidação

Neste domingo (28) as Secretarias de Saúde de Campo Grande (MS) e do Rio de Janeiro (RJ) iniciam as Residências Médica de Saúde Família e Comunidade, Residência Multiprofissional, uma parceria histórica e inovadora que tem o único objetivo o fortalecimento da Atenção Primária a Saúde, com a participação do Prof. Dr. Luís Pisco -ARSLVT – Ministério da Saúde de Portugal.

Campo Grande acolhe hoje 33 novos médicos para a residência Médica somando com mais 38 residentes R2, e na Residência Multiprofissional acolhemos 47 novos e 74 R2.

O projeto de Inovação de Atenção Primária tem um papel fundamental na ampliação e qualificaçação o acesso aos usuários com ganho efetivo para o SUS.

Investimentos

Durante a gestão foram inauguradas nove novas unidades e 29 reformadas. Atualmente há 72 unidades básicas e de saúde da família no município.

Em 2019 foi realizado o maior concurso da história da saúde pública de Campo Grande, onde já foram convocados mais de 780 profissionais de diversas áreas, sendo 258 médicos clínicos e especialistas.