Campo Grande, MS
quarta-feira, 12 de maio, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > Central de Comercialização da Agricultura Familiar de Amambaí já está em funcionamento

Central de Comercialização da Agricultura Familiar de Amambaí já está em funcionamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Os produtores da Agricultura Familiar de Amambai já têm um local apropriado para oferecer seus produtos à clientela. O governo do Estado, através da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) entregou o prédio da Central de Comercialização da Agricultura Familiar de Amambai, em ato solene nesta sexta-feira (2), que contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja e demais autoridades.

A central de Amambai foi denominada Mercado Municipal Gasparino Moraes de Lima, em homenagem a um produtor rural local já falecido, cujos familiares compareceram ao ato. A obra tem 361,97 metros quadrados de área construída, abriga 34 boxes e representou investimento de R$ 350 mil do governo do Estado, além de contrapartida do município de R$ 152 mil. Mais de metade dos boxes já estavam ocupados no dia da inauguração com produtos como pães de doces caseiros, verduras e legumes, queijos, ovos e frangos caipiras, além de pastéis e outros salgados que já são tradicionais em comércios dessa natureza.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro, disse que as centrais de comercialização fazem parte de uma estratégia do governo do Estado para potencializar a agricultura familiar. “Já entregamos mais de mil equipamentos agrícolas que compõem as patrulhas mecanizadas. Além disso, temos os técnicos da Agraer para dar assistência e soma-se a esse esforço o que consideramos o ponto fundamental do projeto: a comercialização dos produtos”, disse.

As centrais de comercialização formam uma rede espalhada por todo o Estado. São locais em que a população pode adquirir produtos de qualidade, com selo de garantia, inspeção técnica e toda segurança necessária diretamente dos pequenos produtores. O projeto prevê a instalação de centrais nos municípios de Sonora, Anastácio, Amambai, Terenos, Rio Brilhante, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Batayporã, Mundo Novo e Aral Moreira. Destas, quatro já foram entregues: as de Sonora, Anastácio, Terenos e agora Amambai. Até novembro as outras seis serão entregues, segundo Verruck. Ao todo, o governo está investindo R$ 5 milhões no projeto.

Ao todo, o governo está investindo R$ 5 milhões no projeto, recursos do Fadefe (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Equilíbrio Fiscal do Estado), administrado pela Semagro.  

Fonte: Portal do MS