Campo Grande, MS
sexta-feira, 27 de novembro, 2020

Educação

Mídia CG > Educação > COM POESIA, LIVROS DE PROFESSORA DA REME ABORDAM DE AMIZADE ATÉ PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

COM POESIA, LIVROS DE PROFESSORA DA REME ABORDAM DE AMIZADE ATÉ PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
capa do livro 2

Quem disse que gato preto dá azar? É o que a professora de Língua Portuguesa da escola municipal Fauzze Gattas Filho, Tânia Souza, procurou desmistificar através da criação e publicação de um livro infantil que busca mostrar às crianças que a cor dos bichanos nada tem a ver com qualquer tipo de superstição.

SEMED-3Lançado nesta quarta-feira (18) na Biblioteca Estadual Dr. Isaias Paim, o livro aborda temas como solidão e amizade, que são desenvolvidos junto à conscientização sobre a necessidade de se cuidar dos animais. O estigma de que “gato preto dá azar” sempre incomodou a autora e assim, veio a ideia de criar uma obra onde texto e ilustração convidassem o leitor a mergulhar no mundo dos felinos.

Ilustrado por Lucas Zavagli, de São Paulo, e publicado pela Editora Estronho, de São José dos Pinhais, “Um gato no Jardim” oferece em 12 páginas, um divertido passeio pelo encontro de uma menina com um gatinho solitário.

Com textos de fácil compreensão e ilustrações bem detalhadas, a obra utiliza a narrativa poética.

“Através da obra quero tirar esse estigma das pessoas ao pensarem sobre um animal ser alvo de preconceito, de que dá azar. Esses animais sofrem, na adoção de animais os gatos pretos são excluídos porque as pessoas não querem”, disse Tânia, que há 15 anos ensina Língua Portuguesa.

LeoA professora Tânia já participou de coletâneas em todo Brasil e na Galícia, pela Editora Através. Publicou os livros Desamores e outras Ternurinhas, ambos de poesia, em 2016 e o livro de contos Estranhas Delicadezas, ano passado. Seu último trabalho, “Um gato no Jardim”, é voltado para o público infanto-juvenil, mas a professora Tânia afirma que a história cativa todas as idades, inclusive adultos.

O lançamento ainda contou com uma oficina de artes, onde as crianças puderam realizar desenhos a respeito da história e ainda participar de uma sessão de leitura com a própria autora.

Bichinhos da horta

SEMED-1Saindo do tema sobre preconceito e amizade, Tânia já prepara seu próximo lançamento para agosto. Desta vez, o tema escolhido está diretamente ligado à  realidade dos alunos da escola municipal Fauzze Gattas Filho.

Também através da poesia, a professora teve na horta da escola, premiada nacionalmente, sua fonte de inspiração e produziu o livro “Bichinhos da Horta”.

O livro pretende unir o lúdico, o pedagógico e a preservação do meio ambiente, com poesias que tratam do tema da horta e dos animais que ali existem. A obra vai oferecer leitura para alunos do pré ao 9º ano. Como esta é uma publicação própria, tem, até o momento, 200 exemplares e deverá ser adquirida direto com a professora.

“Ficava observando o projeto Horta na Escola, desenvolvido pela diretora e pela equipe da unidade e fiquei imaginando as poesias abordando cada bichinho que podemos encontrar naquele eco sistema”, explicou.

Foi assim que surgiram histórias de joaninhas, minhocas e todo tipo de inseto que contribui para a sobrevivência da horta. Fruto de um trabalho de seis meses, o livro ainda traz um guia de orientações aos professores sobre como ler os textos, enfatizando as rimas, além de dar sugestões para que após a leitura, seja abordada a importância e função biológica de cada animal que vive dentro em um ambiente onde existe uma horta.