Campo Grande, MS
domingo, 23 de janeiro, 2022

Educação

Mídia CG > Educação > CONCURSO INCENTIVA ALUNOS DA REME A RETRATAREM ROTINA NA CAPITAL POR MEIO DE DESENHO

CONCURSO INCENTIVA ALUNOS DA REME A RETRATAREM ROTINA NA CAPITAL POR MEIO DE DESENHO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Alunos de escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) estão participando do primeiro concurso de desenho que integra o projeto “O Arca e a Morena de 120 anos: a minha, a sua, a nossa história”, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Arca (Arquivo Histórico de Campo Grande) e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

KLQ_1860

Ao todo, 11 escolas da Reme participam do concurso, lançado nesta quinta-feira (1) junto a exposição que retrata, através de fotos, a história da Capital, além de destacar antigos gestores.

Para divulgar o concurso, a equipe do Arca está visitando as unidades participantes, levando material áudio visual para os alunos conhecerem um pouco sobre Campo Grande. Nesta sexta-feira (2), as técnicas estiveram na escola João Nepomuceno, mas até dia 21, a equipe passará pelas escolas Padre José de Anchieta, Prof. Arlindo Lima, Prefeito Manoel Inácio da Souza, Santos Dumont, Geraldo Castelo, Bernardo Franco Baís, José Rodrigues Benfica, Padre José Valentim, Prof. Alcídio Pimentel e Adair de Oliveira.

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, falou sobre a importância de resgatar a história da cidade por meio de atividades culturais. “É fundamental termos o entendimento de como chegamos nesses 120 anos, mostrando esses registros aos alunos”, disse.

A gestora do Arca, Rosilene de Melo Oliveira, explicou que levar  a exposição para as escolas aproxima as crianças da história. “Eles conseguem ver e se identificam com os lugares e pontos da cidade que fazem parte de sua rotina”, afirmou. A estratégia será um importante auxílio para quem participar do concurso de desenho, já que a ideia é que o aluno retrate sua rotina na Capital, destacando pontos turísticos, ruas e espaços públicos.

Ideias

Mesmo ainda esboçando o que irão desenhar, os alunos já inscritos no concurso têm certeza que as praças da Capital não ficarão de fora de suas obras. É o caso de Isabela Correia Fernandes, do 4º ano da João Nepomuceno. Ela contou que o antigo relógio da rua 14 de Julho foi o que mais chamou sua atenção nas fotos da mostra. “Achei diferente. Quero desenhar algumas praças e os cinemas onde vou. A minha praça preferida é a das Araras”, pontuou.

KLQ_1741

Também frequentador da Praça das Araras, o aluno Vinícius Damasceno Roberto, ainda está pensando o que irá retratar, mas não irá esquecer da Feira Central, onde costuma ir com sua família. “Tem muitos lugares onde vou, mas a Feira é onde mais gosto”, afirmou.

Outro fã dos pratos típicos de Campo Grande é Johny Michael da Costa, 9 anos, que prestigiou a exposição no shopping Pátio Central e disse ter gostado das fotografias que retratavam o centro antigo. “Eu gosto de comer na Feira Central e meu prato favorito é espetinho de carne e arroz”, frisou.

As inscrições para o concurso podem ser feitas até dia 21 e os vencedores terão suas obras expostas com varal de desenhos no dia 27 de agosto, no Centro de Formação Lúdio Martins Coelho, na Semed, com direito a premiação e sorteio de 120 brindes para os alunos.