As autoescolas, com aulas teóricas para quem vai tirar a carteira de motorista; os  cursos preparatórios  de inglês , matemática, português, além de alguns cursos técnicos,  podem voltar a oferecer aulas presenciais. Para isto, terão  de submeter ao Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19 planos de biossegurança, que contemplem principalmente, o distanciamento mínimo de 2 metros entre os alunos, com espaço de 10 metros quadrados para cada um.

 A flexibilização está prevista no decreto 14.309, publicado nesta segunda-feira (18) em  edição extra do Diário Oficial do Município, que altera parcialmente o  decreto 14.257, em vigor desde o dia 17 de abril. Continuam proibidas as aulas presencias em universidades, faculdades e cursos pré-vestibulares.

A medida abrange cursos normalmente ministrado em pequenas turmas e que não tem frequência diária dos alunos. Com isto, afaste-se o risco de haver aglomerações.

Outro decreto publicado nesta segunda-feira, amplia o horário de funcionamento das academias de atividades físicas. Poderão funcionar das 5 horas da manhã até às 23h59, se adequando ao toque recolher que começa à meia-noite.  Este novo horário poderá ser adotado de segunda-feira a sábado, exceto feriados.

Também foi retirada a proibição expressa, do grupo de risco do Covid-19  (idosos, hipertensões, pessoas com comorbidades) frequentar restaurantes e lotéricas.  Pelo novo decreto, a proibição é substituída por recomendação para que essas pessoas não frequentem esses estabelecimentos.