Campo Grande, MS
sexta-feira, 7 de maio, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > EM DOIS DIAS, AGETEC E RECIC.LE COLETAM MAIS DE 15 TONELADAS DE RESÍDUOS ELETRÔNICOS

EM DOIS DIAS, AGETEC E RECIC.LE COLETAM MAIS DE 15 TONELADAS DE RESÍDUOS ELETRÔNICOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Em dois dias de coleta, nesta quinta e sexta-feira, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), em parceria com a   Recic.LE – Associação dos Recicladores de Resíduos Eletrônicos de MS, coletou, aproximadamente, 15 toneladas de lixo eletrônico.

O diretor-presidente da Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso, pontua que a Prefeitura de Campo Grande está preocupada em oferecer à população um local onde ela possa descartar os resíduos eletrônicos, mas também em destinar de forma correta estes materiais.

IMG-20190222-WA0071

“Para destinar corretamente o lixo eletrônico, nós pretendemos capacitar colaboradores, para que a destinação seja correta e benéfica para todos. Para isso, a Prefeitura de Campo Grande criou o projeto da Agetec, em parceria com o Instituto Mirim de Campo Grande, “Mirim Transforma”, onde os alunos serão treinados e capacitados para fazer a destinação correta de todo resíduo recebido, inclusive reaproveitando os materiais com condições de uso e destinando para entidades ou associações, que necessitem desse tipo de equipamentos”, completa Paulo Cardoso.

José Mario foi até ao ponto de entrega deixar seus equipamentos eletrônicos que não utiliza mais e aprovou a ideia da reciclagem. “Esta é uma ação muito importante que o poder público está fazendo para nós e para o meio ambiente. Estou impressionado com a quantidade de equipamentos que foram juntados nesses dois dias. É uma ótima ideia e estes materiais não podem ser jogados na natureza. Hoje eu trouxe muito fios, celular estragado, computadores. Tudo isso a gente vai juntando em casa e na coleta normal não vai para um lugar ideal, como na entrega numa ação como esta”, disse José.

“É bom saber que a Prefeitura está apoiando essa ação e dando oportunidade para a população descartar os materiais em um local de forma correta. O ideal seria ter uma ação dessa permanente na cidade”, avalia o consultor comercial Rodrigo Wildner.

7Z2A2222 (Copy)

A professora de ingles Elizangela de Lima Silva também parabenizou a iniciativa. “Esses dias estava falando com a minha filha onde poderíamos levar nossa TV antiga e percebemos que há uma lacuna em relação a isso na cidade. Pelo menos, não tínhamos a informação até então. Além da TV, já deixamos ontem rádio, batedeira e vários fios e cabos que não usamos mais”, relatou.

De acordo com o diretor de Inovação e Gestão Pública da Agetec, Claudio Ramos, no local passaram mais de 400 pessoas entre empresas e órgãos públicos.

“Parte dos equipamentos vão para reciclagem no IMCG. Os materiais inservíveis serão separados e enviados para São Paulo e os componentes como os metais pesados vão para o Canadá e fábricas de outros países, que trabalham com estes materiais”, explicou.

Para o presidente da organização Brasillinux, Carlos Ilhamas Ferreira, foi uma ação fora do padrão e a expectativa era que na primeira coleta fossem recolhidos poucos materiais.

“Os campo-grandenses continuam nos surpreendendo e a Agetec é uma grande parceira e demonstra a preocupação do Poder Público com o destino correto dos materiais eletrônicos a ser descartados”, concluiu.