O município de Guia Lopes da Laguna, uma das marcas da gestão Reinaldo Azambuja é a construção da ponte sobre o Rio Santo Antônio. A obra substituiu a ponte anterior, que se tornou um dos símbolos do descaso de mais de 200 obras não concluídas pelo governo anterior. A ponte velha desabou em janeiro de 2016, de forma espetacular – em efeito dominó – e foi reconstruída pela atual gestão, tirando do isolamento uma região de produção e assentamentos.

Mas a presença do Governo do Estado em Guia Lopes da Laguna vai muito além: os investimentos em infraestrutura somam R$ 95 milhões, sendo R$ 75,6 milhões para execução de outra obra estratégica para escoamento de grãos: a pavimentação do primeiro trecho de 78,8 km da MS-382/MS-166, em licitação. O governo projeta a ligação da rodovia com Ponta Porã (MS-270) e Antônio João (MS-166), totalizando 69,6 km. Obras que proporcionam qualidade de vida a centenas de pessoas

O Governo do Estado ainda construiu quatro pontes de concreto, sobre os rios Santa Tereza e Santo Antônio e os córregos Santo Antônio e Desbarrancado somam R$ 16,5 milhões. E na área urbana, diversas ruas e avenidas receberam pavimentação, drenagem de águas pluviais e serviços de restauração, totalizando R$ 1,9 milhão. Outra obra em andamento é a pavimentação com drenagem de águas pluviais do acesso ao Frigorífico Global, orçada em R$ 1,3 milhão.

Na saúde, os investimentos somam mais de R$ 6 milhões, e em saneamento mais de R$ 14 milhões.