Campo Grande, MS
terça-feira, 24 de novembro, 2020

Notícias

Mídia CG > Notícias > ENCONTRO DISCUTE PROCESSO ELEITORAL DE DIRETORES E ADJUNTOS DE ESCOLAS DA REME

ENCONTRO DISCUTE PROCESSO ELEITORAL DE DIRETORES E ADJUNTOS DE ESCOLAS DA REME

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

As diretrizes eleitorais para a organização, realização e apuração das eleições para escolha dos diretores e diretores-adjuntos das escolas municipais de Campo Grande já começam a ser discutidas com representantes da Comissão Eleitoral das escolas da Reme. O encontro, que aconteceu na última sexta-feira (21) no auditório do Centro de Formação Lúdio Martins Coelho (Cefor) da Secretaria Municipal de Educação (Semed) teve o objetivo de orientar a comissão eleitoral das unidades de ensino sobre a sua atribuição no processo eleitoral para dirigentes escolares.

Presente ao evento, o prefeito Marquinhos Trad, destacou que o processo de eleição vai trazer mais segurança  e tranquilidade para os gestores eleitos. O prefeito ressaltou, ainda, que a democracia será exercida pela comunidade.

SONY DSC

“Esta ação traz a concretização de um tema debatido há anos”, ressaltou. Marquinhos comentou que a eleição direta para diretores e adjuntos vem sendo debatida desde 2012 prevendo um  processo que os diretores sejam escolhidos por meio de voto secreto e paritário, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar.

Gestão Democrática

Durante a reunião foram discutidas as regras dispostas na Lei n. 6.023, de 15 de junho de 2018, que institui a gestão democrática e estabelece a eleição direta com a participação da comunidade escolar para a escolha dos diretores e diretores-adjuntos.

O processo eleitoral será organizado, coordenado, realizado e fiscalizado pela comissão especial composta por servidores designados pela Secretaria Municipal de Educação e por um representante do Sindicato Campo-Grandense dos Servidores da Educação Pública (ACP).

SONY DSC

O presidente do Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais de Educação Pública, Lucilio Nobre, destacou ser importante a  conquista dos professores para o exercício da democracia. “Temos que agradecer a toda comissão por chegar a esse momento. É uma satisfação muito grande de podermos chegar a este processo e podermos exercer dentro das unidades a democracia, a escolha dos gestores. A ACP estará disponível para ajudar os profissionais da educação e acompanhar a comissão”.

A Superintendente de Gestão e Normas, Alelis Gomes, destacou que o processo de criação da eleição para diretores das escolas foi feito com um conjunto de parcerias. “Os diretores colaboram muito para que esse momento se tornasse especial. Houve empenho de todos os envolvidos. Esse processo de eleição é um marco na história da Rede Municipal de Ensino”.

A diretora da Escola Municipal Bernardo Franco Baís, Nara Borges Rigon comentou que o processo de eleição vem ao encontro do que a comunidade já esperava, do que o prefeito já havia prometido. “A gestão democrática é positiva, fortalece o serviço do diretor a partir do momento em que ele é eleito pela comunidade. O diretor está no cargo porque foi  vontade da comunidade”, justificou.

SONY DSC

De acordo com o edital, sob a coordenação da comissão especial, serão criadas comissões eleitorais das unidades de ensino que atuarão diretamente na realização e na fiscalização do processo eleitoral nas instituições, com a participação de um membro representante do conselho escolar, um professor efetivo, um servidor efetivo integrante da equipe pedagógica, um servidor efetivo do grupo administrativo, um aluno com idade mínima de dez anos e um pai/mãe ou responsável legal de aluno, os quais não poderão representar dois ou mais segmentos.