Campo Grande, MS
quinta-feira, 27 de janeiro, 2022

Saúde

Mídia CG > Saúde > IMÓVEIS ABANDONADOS ENTRAM NA MIRA DE FORÇA-TAREFA NA REGIÃO DO PAULO COELHO MACHADO

IMÓVEIS ABANDONADOS ENTRAM NA MIRA DE FORÇA-TAREFA NA REGIÃO DO PAULO COELHO MACHADO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Mais de 60 agentes de combate às endemias  estarão mobilizados durante este sábado (30) e domingo (31) durante força-tarefa de combate ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue zika e chikungunya – nos bairros Paulo Coelho Machado e Mário Covas. A ação contará com auxílio de um chaveiro para auxiliar na vistoria de imóveis abandonados e de um caminhão cedido pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (SISEP) para fazer o recolhimento do material inservível.

Segundo a Coordenadoria de Controle de Endemias  Vetoriais (CCEV) da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), a expectativa é de que ao todo mais de 3 mil imóveis sejam inspecionados durante os dois dias.

Desde o início da semana o setor de Educação em Saúde da coordenadoria está percorrendo os locais de uso comum da região, além de missas e cultos, fazendo o trabalho de orientação aos moradores a fim de conscientizar sobre a importância da prevenção.

Dados epidemiológicos

Até o dia 26 de março foram notificados 15.118 casos de dengue, 224 de zika e 114 de chikungunya  em Campo Grande.

Pontos críticos

Os bairros Jardim Noroeste, Centro-Oeste, Chácara dos Poderes, Nova  Campo Grande, Los Angeles, Moreninhas, Veraneio e Maria Aparecida Pedrossian apresentam alto índice de incidência da doença.

Resultados positivos

Ações realizadas até agora nos bairros Moreninhas, Macaúbas e Nova Bahia deram resultados positivos. Os mapas comparativos abaixo demostram a redução de notificações nestes locais.

ACAO NOVA BAHIA