Campo Grande, MS
quinta-feira, 13 de maio, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > LIVRO SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTA COM PARTICIPAÇÃO DE REPRESENTANTES DA CASA DA MULHER DE CAMPO GRANDE

LIVRO SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTA COM PARTICIPAÇÃO DE REPRESENTANTES DA CASA DA MULHER DE CAMPO GRANDE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

A subsecretária de Políticas para a Mulher Carla Stephanini e a coordenadora da Casa da Mulher Brasileira Tai Loschi compartilharam, em forma de artigo, suas experiências na luta contra a violência doméstica na Capital sul-mato-grossense no livro “Violência doméstica e familiar contra a mulher – Um problema de toda a sociedade.

IMG-20190823-WA0007

Com 208 páginas, a obra que foi lançada nesta quinta-feira (22) à noite em São Paulo, foi promovida pela Paulinas Editora e pelo Instituto Patrícia Galvão, com o apoio da gravadora Paulinas-COMEP, traz uma coletânea de artigos escritos por especialistas de diversas áreas.

Carla Stephanini destacou a importância da participação de Campo Grande no trabalho.

“Como gestora de políticas públicas para as mulheres da Prefeitura Municipal de Campo Grande sinto-me extremamente gratificada pelo reconhecimento ao nosso trabalho e em especial deste significativo serviço de proteção e acolhimento as mulheres vítimas de violência que se constitui a Casa da Mulher Brasileira de Campo Grande MS que hoje é uma referência para o país”, afirmou Stephanini.

O objetivo principal é divulgar a Lei Maria da Penha e os trabalhos que vêm sendo realizados pelas áreas de segurança, justiça e assistência psicossocial, assim como pelo ativismo social e religioso, de modo que as mulheres saibam reconhecer um caso de violência doméstica, conheçam seus direitos e descubram como acessá-los.

A apresentação do livro é assinada por Maria da Penha Maia Fernandes, a farmacêutica bioquímica que deu nome à Lei 11.340/2006 por ter sido vítima de violência doméstica e tentativas de feminicídio.

IMG-20190823-WA0009

Além das duas representantes da Rede Municipal de Enfrentamento da Violência contra a Mulher que, juntas escreverem o artigo Casa da Mulher Brasileira: integração e agilidade para enfrentar o ciclo da violência, o evento contou com as seguintes participações:

  • Silvia Chakian: promotora de Justiça do Ministério Público de São Paulo;
  • Daniela Grelin: diretora executiva do Instituto Avon;
  • Sérgio Flávio Barbosa: professor de Sociologia e Filosofia e coordenador de projetos sobre violência masculina;
  • Helena Bertho: chefe de redação da revista AzMina;
  • Cleiton Viana: padre da Diocese de Mogi das Cruzes (SP).

Com informações da Agência Patrícia Galvão.