O tempo segue firme em Mato Grosso do Sul. O destaque desta quinta-feira (27) vai para as elevadas temperaturas que devem atingir o Estado, especialmente nas cidades da região pantaneira. 

Estimativa do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) para o dia é de céu claro a parcialmente nublado em todas as regiões. Não há expectativa de chuva.

A meteorologia indica que as temperaturas podem chegar aos 40°C nesta quinta. A mínima prevista para o Estado é de 13°C. Campo Grande também terá dia ensolarado com variação estimada em 21°C a 35°C. 

As condições de tempo contribuem para que a umidade do ar fique baixa durante à tarde. Os índices poderão variar entre 85% a 15%, considerado estado de alerta pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A recomendação é ingerir bastante água, umidificar ambientes, evitar aglomerações e exposição direta ao sol, além de usar soro fisiológico nos olhos e narinas.  

A semana terá influência de um anticiclone de níveis médios que contribui para a manutenção do tempo seco, resultando na diminuição da umidade relativa do ar em grande parte das regiões centro-oeste, sudeste e interior do nordeste do Brasil. 

Ao menos até o dia 10 de setembro não há expectativa de chuva para o Estado, de acordo com o Cemtec. As condições climáticas acendem o alerta para o risco de queimadas urbanas e florestais que podem iniciar por uma tentativa de eliminar lixo em terrenos baldios com fogo ou até mesmo por bitucas de cigarro descartadas na vegetação. 

Além de prejudicar o meio ambiente, a saúde é outro fator afetado pela poluição do ar decorrente dos incêndios. Problemas respiratórios como, bronquite, asma, sinusite e rinite, nariz entupido, rouquidão, tosse alérgica, conjuntivite, irritação nos olhos e garganta, alergia e vermelhidão na pele, e doenças cardiovasculares, estão entre os problemas mais frequentes, e que se agravam em decorrência da fumaça.