Campo Grande, MS
domingo, 26 de setembro, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > MULHERES APRENDEM A REAPROVEITAR PARTES DO FRANGO EM CURSO OFERECIDO PELA PREFEITURA

MULHERES APRENDEM A REAPROVEITAR PARTES DO FRANGO EM CURSO OFERECIDO PELA PREFEITURA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
IMG_1981Nuggets, linguiça, assados, marinados, rocambole e hambúrguer, tudo a base de frango. Esses pratos são parte do cardápio produzido nesta sexta-feira (27), para o encerramento do curso de culinária que ensinou mulheres da região da Vila Nasser a preparar artesanalmente produtos derivados de frango. A iniciativa é da Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Políticas para a Mulher, em parceria com a Fettar/Fetagri e o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).IMG_2018

A subsecretária da Semu, Maritza Cogo, explica que este curso foi mais um dos inúmeros já realizados pela atual gestão, cujo objetivo é oferecer capacitação aos mais diversos grupos de mulheres, a fim de promover oportunidades de geração de renda e melhorias na qualidade de vida das mesmas.

“É uma oportunidade para as mulheres aprenderem a diversificar a alimentação de forma saudável e saborosa e preparar esses alimentos. Graças a essas parcerias, estamos conseguindo levar esse conhecimento às mulheres. Esses cursos contribuem ainda para que elas possam gerar renda e, neste processo estamos empoderando essas mulheres por meio de sua autonomia financeira”, afirmou a subsecretária da Mulher.

Seguindo orientações básicas sobre educação alimentar, nutrição e higiene, o curso com base na carne de frango reuniu dez participantes da região da Vila Nasser durante os dois dias de aulas, que dessa vez aconteceram na sede da Ong Corrente de Amor.

IMG_1955O presidente da entidade, Alberto de Oliveira ressaltou a importância do poder público levar capacitações para os bairros. “A gente fica feliz com a iniciativa, uma vez que a comunidade se beneficia com novas oportunidades para geração de renda. Cada participante aqui poderá colher os frutos desse curso de imediato. É importante essa assistência da prefeitura e dos parceiros, que se uniram para trazer essa capacitação para a nossa região”.

A Ong Corrente de Amor oferece assistência social para as famílias da região da Vila Nasser e Santa Luzia, com a oferta dos serviços de fisioterapia e psicologia.

Sobre o curso

O curso de 16 horas contemplou os seguintes temas: considerações sobre o frango, caracterização da carne de frango, processamento da carne de frango, técnicas de produção de embutidos, técnica de preparo de temperos para marinados, técnica deIMG_1987 dessossa do frango, técnica de dessossa tipo manta, técnica de produção de hambúrguer e nuggets, técnica de produção de iscas de frango e finalização do preparo da carne marinado.

Quem ministrou as aulas foi o chef  Rodrigo Baston, cedido pelo Senar, que em dois dias de curso ensinou aos alunos a separarem todas as partes do frango, para reaproveitar cada pedaço, com exceção dos ossos.

“Ensinamos as pessoas a economizarem, com técnicas novas que podem além de tudo gerar renda. Além disso, tão importante quanto o empoderamento dessas mulheres é o fato de reforçarmos a importância de não haver desperdício de alimentos. Muitas vezes as pessoas compram um produto com tanta dificuldade e ainda desperdiçam metade, sendo que cada pedaço e parte podem virar IMG_1971pratos deliciosos”, ressaltou Baston.

A aposentada Angelina Soares, de 69 anos, disse que ficou surpresa quando percebeu que jogava fora quase todo o frango para retirar somente o peito. “Foi surpreendente perceber que até mesmo a carcaça do frango pode virar um prato saboroso. Geralmente a gente descarta quase tudo para salvar o peito e as coxas. E, destas duas partes a gente faz o trivial, frito ou assado. Vou sair daqui com muitas novidades e vou preparar para a família e, quem sabe, começo a fazer para vender”, comemora a aluna.IMG_1964

Quem também está animada com a possibilidade de gerar renda com a venda de pratos congelados a base de frango é a dona de casa Catarina Florência da Silva, 54 anos. “Eu achava que era a coisa mais difícil tirar os ossos do frango e vi que é tão simples se usar a técnica correta. Quanta coisa que nunca pensamos em fazer com o frango foi ensinada aqui! Já quero colocar tudo em prática e começar a vender para aumentar a renda familiar”.

Entre os pratos ensinados durante o curso está a coxa de frango dessossado recheada com presunto e queijo, frango inteiro dessossado recheado com farofa de miúdos, frango inteiro dessossado enrolado em formato de rocambole, isca de frango com filé, dois tipos de linguiças frango, nuggets, iscas de frango e o hambúrguer.

Além do curso de culinária, a parceria com as duas federações tem disponibilizado diversas capacitações pelos bairros de Campo Grande. Os cursos vão desde a área de culinária, até o artesanato, hortas, apicultura, psicultura, além de ensinar técnicas sobre os cuidados de orquídeas e plantas medicinais. Também são oferecidos cursos de informática, modulo básico e módulo avançado.