Campo Grande, MS
segunda-feira, 19 de abril, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > OBRAS NO ANHANDUI INTERDITAM TRECHO DE PISTA DA ERNESTO GEISEL, SENTIDO CENTRO-BAIRRO

OBRAS NO ANHANDUI INTERDITAM TRECHO DE PISTA DA ERNESTO GEISEL, SENTIDO CENTRO-BAIRRO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
IMG_5172

O avanço das obras de revitalização do Rio Anhandui levou ao fechamento da pista centro-bairro da Avenida Ernesto Geisel, que margeia o córrego, logo após o Shopping Norte Sul Plaza.  O trânsito está sendo desviado pelas ruas da Abolição, 2 de Março e Avenida Europa, por onde os veículos voltam à Norte Sul. A interdição vai perdurar enquanto houver  escavação para estabilizar as margens com gabião e reforço das placas de concreto.

Segundo engenheiros da Sisep (Secretaria de  Infraestrutura e Serviços Públicos), a medida foi necessária como medida preventiva, para evitar o risco de acidentes com o desmoronamento do terreno,  decorrente da passagem de veículos.  Antes da abertura da avenida, a região era fundo de vale, um brejo, com muitas nascentes, solo constituído de argila e turfa .

A mesma medida, de interdição parcial do trânsito, foi tomada  em junho do ano passado por 45 dias, na pista bairro-centro (entre as ruas  Ceres e Santa Adélia).  O tráfego foi liberado após a conclusão do  serviço, que exigia movimentação de terra na parte mais crítica do solo. Está previsto o recapeamento das duas pistas da avenida quando forem concluídas as intervenções dentro do rio.

Nos últimos 4 meses, período marcado por longa estiagem, a revitalização do Anhandui avançou nos três lotes em que a obra está dividida. Já foram implantados 647 metros de gabião, sendo 250 no lote 1 (entre as ruas Santa Adélia e Abolição); 157 no lote 2 (entre a Abolição e Bom Sucesso) e 220 metros no lote 3 (entre as ruas Bonsucesso e do Aquário), com trechos em que  as “paredes” do canal vai chegar a 8 metros de altura. Já foram investidos mais de R$ 5,3 milhões, do orçamento total, de  R$ 48, 4 milhões..

Projeto retomado

A revitalização  do Rio Anhanduí é um projeto antigo que arrastava há pelo menos cinco anos. Ano passado a Prefeitura recuperou os recursos alocados junto ao Ministério das Cidades e fez a licitação.  A obra faz parte de um conjunto de ações que beneficiará diretamente os moradores dos bairros Marcos Roberto, Jockey Clube, Jardim Paulista e Vila Progresso.

Nesta etapa estão previstas intervenções num trecho de 2 quilômetros, entre as ruas Santa Adélia e do Aquário, investimento de R$ 48.497.999,21.  Estão previstas intervenções para recompor as margens do rio, com trechos em gabião e outras de placas de concreto; urbanização; abertura de uma ciclovia paralela ao canal; bocas de lobo das ruas para captar a enxurrada que desce das ruas laterais e recapeamento das duas pistas da Avenida Ernesto Geisel, em uma extensão de 4 quilômetros.

Com a regularização  o canal do rio  será  ampliado, no leito serão feitas barreiras de contenção (com gabião) para evitar erosão é o acúmulo de sedimentos que provoca o assoreamento e levam ao transbordamento nos dias de chuva mais intensa nas cabeceiras dos afluentes do Anhandui (Prosa e Segredo). A construção de gabião e colocação de placas de concreto, vai proteger as margens da erosão e consequente desmoronamento do barranco.