Campo Grande, MS
domingo, 23 de janeiro, 2022

Saúde

Mídia CG > Saúde > PACIENTES RECEBEM ORIENTAÇÕES SOBRE OS PERIGOS E CUIDADOS PARA PREVENIR O CÂNCER BUCAL

PACIENTES RECEBEM ORIENTAÇÕES SOBRE OS PERIGOS E CUIDADOS PARA PREVENIR O CÂNCER BUCAL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Profissional da unidade passa orientações aos pacientes.

Profissional da unidade passa orientações aos pacientes.

Pacientes atendidos na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Vila Fernanda receberam orientações  nesta quinta-feira (25) sobre os cuidados e a importância do diagnóstico precoce do câncer de boca. A ocorrência de câncer no mundo cresceu 20% na última década e o Instituto Nacional de Câncer – INCA estima cerca de 600 mil casos novos em 2019.

Rotineiramente, as profissionais da unidade (odontólogas) se dedicam a levar informações sobre o tema aos pacientes através de palestras educativas, destacando a importância da higiene oral e das consultas regulares ao dentista, sendo a forma mais indicada para a detecção da doença.

O cuidados rotineiros têm importância fundamental para o diagnóstico precoce do câncer de boca, uma vez que esse tipo de tumor é, muitas vezes, indolor.

Ao notar machucado ou afta que não melhore por mais de duas semanas, o recomendado é procurar auxílio.

Detecção

O câncer de cavidade oral ocorre com mais frequência em homens acima de 40 anos e não somente na parte posterior da língua. Ele também afeta outras regiões, como assoalho bucal, lábios, bochechas, gengivas, glândulas salivares, amígdalas e céu da boca. A detecção prévia do câncer de boca é essencial para preveni-lo.

Câncer Bucal

O Brasil tem a 3ª maior incidência de câncer bucal no mundo, atrás apenas da Índia e da antiga Tchecoslováquia. É o 7º tipo de câncer mais comum entre a população brasileira, sendo o 5º mais comum entre os homens e o 12º entre as mulheres.

Considerando-se que serão 14.700 novos casos de câncer de boca neste ano no país, sendo 11.200 em homens e 3.500 em mulheres.

Fatores de Risco 

Os fatores que podem levar ao câncer de boca são idade superior a 40 anos, vício de fumar cachimbos e cigarros, consumo de álcool, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal-ajustadas.

Principais Sintomas

Aparecimento de feridas na boca, não dolorosas e que não cicatrizam em uma semana. Outros sintomas são ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e
manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal.

Dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio
avançado.
Prevenção

Prevenção do câncer na boca: é possível através de hábitos saudáveis que incluem:

– Evitar o consumo excessivo de álcool;
– Evitar fazer uso excessivo de cachimbos e cigarros;
– Evitar exposição ao sol sem proteção;
– Evitar o uso de próteses desajustadas à sua boca;
– Ter uma boa higiene bucal, escovando os dentes quatro vezes ao
dia, de preferência após todas as refeições;
– Ter um acompanhamento odontológico frequente;
– Manutenção de uma dieta saudável, rica em frutas e legumes;
– Realizar um autoexame da boca, procurando qualquer tipo de
alteração como: feridas, inchaços ou manchas.