Campo Grande, MS
quarta-feira, 2 de dezembro, 2020

Notícias

Mídia CG > Notícias > PARCERIA ENTRE PREFEITURA E RI HAPPY PROMOVE NATAL MAIS FELIZ PARA CRIANÇAS

PARCERIA ENTRE PREFEITURA E RI HAPPY PROMOVE NATAL MAIS FELIZ PARA CRIANÇAS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Crianças e adolescentes assistidos pela Prefeitura de Campo Grande, por meio das Unidades de Acolhimento Institucionais, tiveram uma manhã diferente nesta terça-feira (18), quando receberam um gesto de solidariedade vindo de uma empresa parceria do Município, que desenvolve atividades comerciais na Capital. No inicio do ano a Ri Happy Brinquedos do Shopping Norte Sul Plaza, que completou 30 anos, escolheu presentear unidade acolhedora da SAS como um gesto de amor.

IMG_5571 (Copy)

O prefeito Marquinhos Trad acompanhado da vice-prefeita Adriane Lopes e do secretário municipal de Assistência Social José Mário Antunes e o personagem ‘solzinho’ fez a entrega dos brinquedos durante as atividades do projeto Sonho de Campeão, que oferece durante aos sábados no Centro Municipal de Treinamento Esportivo (Cemte), no Carandá Bosque, um momento de esporte e lazer às crianças das unidades de acolhimento.

Para o secretário da SAS, José Mário, a atual administração tem tratado as Unidades de Acolhimento de maneira mais humanizada.

“Nós agradecemos o Prefeito Marquinhos Trad que sempre prezou por um trabalho mais justo e humano para todas as pessoas da cidade. No caso dessas  69 crianças e adolescentes que já foram privadas de seus direitos. Estamos fazendo a nossa parte transformando os locais de acolhimento em lares mais confortáveis, casas com tudo que precisa oferecer, inclusive transporte para as escolas. Ver a alegria dessas crianças ao receberem os presentes, mostra que as parcerias também conseguem identificar essa humanização e abraçam a causa com a gestão.”, justifica o titular da SAS.

A gerente da loja Ri Happy, Márcia Dias Vilela, explica que cada loja escolheu ajudar uma instituição da sua respectiva região com a doação de brinquedos. E a loja do Shopping Norte Sul, escolheu as Unidades de Acolhimento Institucional do Município – UAI´s novamente.

“O maior foco da empresa é cultivar o brincar. Brincar faz bem e nos torna pessoas mais felizes. Cada loja tem a liberdade de escolher uma instituição para fazer a doação. Geralmente procuramos aquelas que já conhecemos por serem mais divulgadas. Mais uma vez escolhemos as UAI’s. Conhecemos o trabalho maravilhoso do município no inicio do ano e hoje estamos aqui novamente, muito felizes por estar trazendo um gesto que realmente fará a diferença na vida dessas crianças e adolescentes. A satisfação é enorme em participar desse momento”, disse Márcia.

As UAI´s – As Unidades de Acolhimento I, II, III e IV envolvem crianças e adolescentes, de ambos os sexos, com faixa etária de 0 a 17 anos e 11 meses, que se encontram em situação de abandono, ameaça ou violação de direitos e em situação de risco pessoal ou social, cujas famílias ou responsáveis encontram-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.

Dentre a finalidade de garantir a proteção e assegurar a integridade física de crianças e adolescentes, as Unidades de Acolhimento têm como princípio oferecer o acolhimento num ambiente afetuoso, educacional, social e facilitador de ações promotoras para o desenvolvimento saudável, bem como atender as necessidades básicas de alimentação, higienização, saúde, vestuário, moradia e segurança.

Como sujeito de direitos em condições peculiares de desenvolvimento integral, crianças e adolescentes têm no esporte e na recreação um espaço que propicia a construção da identidade, o desenvolvimento de habilidades, potencialidades que direcionem o alcance dos sonhos e novas perspectivas futuras.

As Unidades envolvidas no Projeto são subordinadas à Superintendência de Proteção Social Especial da SAS, promovendo em conjunto com outras Políticas Públicas a intersetorialidade que compõem o Sistema de Garantia de Direitos, bem como suscitar o fortalecimento da Rede de Proteção.