Campo Grande, MS
domingo, 23 de janeiro, 2022

Notícias

Mídia CG > Notícias > PASTORA É MORTA A TIROS ENQUANTO PREGAVA EM CULTO

PASTORA É MORTA A TIROS ENQUANTO PREGAVA EM CULTO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Uma pastora, de 48 anos, foi morta a tiros pelo ex-marido enquanto pregava em um culto na noite de terça-feira (27), em Aquidauana. Segundo a Polícia Civil, a vítima é Rose Meire Fermino de Andrade Mendonça e tentava tirar o agressor de casa há 10 anos.

Ainda conforme a corporação, o assassino é o motorista de caminhão Carlos Alberto Mendonça, de 58 anos. No momento do crime, a pastora fazia uma pregação em uma igreja evangélica da cidade quando o atirador entrou no local e fez os disparos. Testemunhas relataram a polícia que, após o crime, o assassino retornou à igreja e tentou suicídio.

Ele ainda deixou uma carta endereçada aos filhos, que foi apreendida pelos investigadores. O homem foi socorrido e levado ao o hospital da cidade e permanece sob custódia da polícia. A vítima estava desde o dia 20 com medida protetiva contra ele, que determinava que ele saísse da residência do casal.

Histórico

Segundo Boletim de Ocorrência, catorze dias antes do crime, ela esteve na Delegacia da Mulher (DAM) do município e contou a relação já tinha chegado ao fim, embora estivessem convivendo no mesmo teto há 28 anos.

Ainda conforme o documento, registrado no dia 13 deste mês, a mulher dizia que ambos tiveram um relacionamento por 28 anos, tendo 2 filhos. No entanto, Rosemeire e o “mal se falavam” e ela estava com medo da separação, por isso, solicitou medida protetiva. O pedido foi concedido no dia 20 de agosto.

Segundo dados da Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul de Mato Grosso do Sul (Sejusp-MS), ocorreram, desde o início deste ano no estado, 23 casos de feminicídio.

Fonte: http://dahoranews.com.br