Campo Grande, MS
terça-feira, 19 de janeiro, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > PREFEITO, VICE-PREFEITA E COMUNIDADE PERCORREM RUAS DO DOM ANTÔNIO PARA PROCLAMAR A PAZ

PREFEITO, VICE-PREFEITA E COMUNIDADE PERCORREM RUAS DO DOM ANTÔNIO PARA PROCLAMAR A PAZ

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Com faixas, cartazes e bandeiras, centenas de pessoas percorreram as ruas do Bairro Dom Antônio Barbosa nesta manhã de sexta-feira (3) para proclamar a união. Esse é o objetivo da Caminhada da Paz, que nesta 13ª edição reuniu a população da região, além de entidades governamentais e não governamentais que, ao lado do prefeito Marquinhos Trad e da vice-prefeita Adriane Lopes, deram-se as mãos para chamar atenção da comunidade sobre a importância da convivência em harmonia.

O ato, organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), teve início às 7h30 com a concentração em frente ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Rosa Adri. A caminhada saiu da Rua Lúcia dos Santos, seguindo pela Avenida Evelina Selingardi com destino ao PSF do Parque do Sol.

O prefeito aproveitou o evento para ressaltar que, embora esse ato coletivo tenho sido provocado pela onda de violência no bairro –  que nos últimos anos teve uma significativa redução, essa união fortalece a harmonia da comunidade. “Este é um momento de reflexão e um ato de amor ao próximo. Novamente estamos aqui, de mãos dadas com os moradores das comunidades dessa região, para reafirmar a toda Campo Grande aqui existem seres humanos e irmãos dispostos a construir uma sociedade melhor e sem violência”.

A vice-prefeita Adriane Lopes falou dos resultados atingidos a partir da Caminhada pela Paz. “Esse gesto coletivo mobilizou por todos esses anos a todos os moradores do entorno e os servidores que trabalham no entorno, provocando ações efetivas do poder público na prevenção da violência. O quadro da violência e criminalidade tem reduzido significativamente a partir das políticas públicas implementadas pela atual gestão, que se preocupa com as pessoas, e hoje estamos aqui, juntos nessa luta, para promover a paz não apenas na região do Dom Antônio, mas por toda a Campo Grande”, enfatizou Adriane.

O secretário Municipal de Assistência Social, José Mario Antunes da Silva, lembrou que a Caminhada pela Paz é um dos pontos altos das festividades dos 118 anos de Campo Grande. “É um ato importante essa caminhada, no sentido de fortalecer as famílias e mostrar que o respeito ao próximo é essencial. Precisamos nos unir para semearmos  a paz nas ruas da nossa cidade, já que é esse o desejo de todos nós, que vivemos e amamos Campo Grande”, frisou o titular da SAS.

A idealizadora do projeto, Cleia Larsen, contou que a iniciativa teve início como forma de protesto quando resolveram trabalhar vestidos de branco por vários dias. “Foi então que começou a parceria com a prefeitura, com o apoio da SAS. Convidamos a comunidade escolar da escola Padre Tomaz Girardelli, o Cecapro com os idosos, o posto de saúde, os ceinfs do Lageado, do Los Angeles e do Aero Rancho para a nossa primeira Caminhada pela Paz pelo bairro. Saímos com faixas e bandeiras brancas”, disse Cleia Larsen. A partir desta data, a caminhada passou a fazer parte da programação do aniversário de Campo Grande.

Para a dona de casa Elza Silva de Rosário, 58 anos, embora a onda de violência na região tenha reduzido significativamente, é preciso que ações como a ‘Caminhada’, que alerta para essa problemática, tenham continuidade. “A gente não pode desanimar. Não é porque diminuiu a violência que a gente deve parar de discutir esse tema. Se reduziu foi porque houve reação da comunidade. Essa caminhada mobiliza todo mundo, tanto que até os comerciantes fecham as portas de seus estabelecimentos para participar”, relatou a dona de casa, que mora no Bairro do Antônio desde que o mesmo foi criado.

A dona Jalmira Lopes da Silva, que mora no Bairro Lageado, disse que participa todos os anos desse ato para mostrar às pessoas que sem a união não é possível haver  solução. “Se não estivermos juntos para proclamar o fim da violência, esses resultados demoram para surgir. O povo unido tem mais força e voz. Desta maneira estamos conseguindo cada vez mais mobilizar o poder público para dar atenção especial para os bairros da região periférica da cidade. Se apenas a comunidade se unindo consegue afetar positivamente para um bem maior, com a ajuda da sociedade conseguiremos chegar mais longe”.

Cultura da Paz

A caminhada pela paz teve início no Bairro Dom Antônio Barbosa em 2005, quando no mês de agosto, um soldado que servia o Exército levou um tiro e veio a falecer. O acontecimento foi na Avenida Evelina Selingard. Na época havia uma grande tensão entre os jovens das comunidades do Parque do Sol e Dom Antonio Barbosa.

A edição deste ano contou com a participação do Conselho Tutelar Sul, CREAS Sul, CRAS Aero Rancho, CRAS Guanandy, CRAS Vila Gaúcha, CRAS Canguru, CC Botafogo, CRAS Los Angeles, CRAS Moema, , CEINF Ranza Bedoblin Domingos, CEINF Lageado, CEINF Professora Ayd Camargo Cesar, CEINF Joana Mendes dos Santos, Escola Municipal Pe. Tomás Gherardely, Escola Estadual Tereza Noronha de Carvalho.

E, Projeto Asas do Futuro, Projeto Ato, SESC Lageado, Rede Solidária, UBSF Parque do Sol, Cata MS, Cooperativa Novo Horizonte, Rede Coopermas&Atmaras, Associação de Moradores Dom Antônio, I Esquadrão Independente de Polícia Militar Montada/Cavalaria, Banda Marcial do Instituto Mirim que irão tocar durante a caminhada e a Banda da Guarda Municipal que executará o Hino Nacional e o Hino de Campo Grande.