Campo Grande, MS
sábado, 24 de julho, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > PREFEITURA INICIA MICRORREVESTIMENTO EM 20 RUAS DE CAMPO GRANDE

PREFEITURA INICIA MICRORREVESTIMENTO EM 20 RUAS DE CAMPO GRANDE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
IMG-20180814-WA0017

A Prefeitura  de Campo Grande vai aplicar 29,4 km de   microrrevestimento,  abrangendo trechos de 20 ruas das regiões urbanas da cidade. Esta é a primeira etapa do serviço  previsto no contrato do tapa-buraco firmado em dezembro do ano passado, com a reserva de R$ 14,9 milhões, 42% do valor de R$ 34,2 milhões.

Em toda a cidade foram identificados 112 quilômetros de vias onde o asfalto está em condições de receber o microrrevestimento. O material prolonga o tempo de vida útil do asfalto, evita o surgimento crateras, sobretudo depois de chuvas, pois onde são feitos remendos, as ondulações e fissuras por onde a água penetra, acaba por abrir novos buracos.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, o microrrevestimento não pode ser confundido com o recapeamento, modo em que o asfalto é praticamente refeito. “O micro  tem na sua composição emulsão asfáltica, que impermeabiliza o pavimento”, explica. Justamente por essa característica, não é indicada  em ruas onde asfalto já está comprometido pela ação do tempo. “Dos mais de 2.900 quilômetros que compõem a malha viária pavimentada de Campo Grande, pelo menos em 1.500 quilômetros, a única alternativa para recuperar o asfalto é o recapeamento”, pontuou.

Ao longo desta semana as empreiteiras vão preparar os trechos onde será feito o microrrevestimento, que ano passado foi aplicado em vias como a Padre João Crippa (entre a Afonso Pena e Mato Grosso), Raul Pires Matos e Pontalina. Equipes das empresas estão trabalhando em vias como a Teldo Kasper, na Chácara Cachoeira; Vicente Solaris, na Vila Bandeirantes; Ezequiel Ferreira, Arquiteto Vila Nova Artigas, no Aero Rancho; preparando as ruas para receber o “micro”.

“O serviço não pode ser confundido com o tapa-buraco e com o recapeamento. É uma manutenção preventiva que vai garantir mais de quatro a cinco anos e vida útil ao pavimento. Não pode ser aplicado em ruas onde o asfalto já está comprometido porque foi feito há décadas”, explica o engenheiro Edvaldo Aquino, supervisor da manutenção de vias pavimentadas.

Os trechos que receberão microrrevestimento nesta primeira etapa contemplam vias estratégicas para o sistema viário, como  a Rio Grande do Sul, Eduardo Santos Pereira, Amazonas, dentre outras da região urbana do centro; a Avenida Capibaribe, região do Imbirussu, ligação da Avenida Júlio Castilho com a aeroporto.IMG-20180814-WA0018

Região do Segredo  2.350 metros

Rua Pedro Balduíno da Silva (entre as ruas Sargento Hércules Santos de Campos e Benito Melchiades) – 650 metros

Rua Cotegipe (entre as ruas Euler de Azevedo e Benito Melchiades) – 1,3 km

Benedito de Oliveira (entre as ruas Pedro Balduíno e Carlos Scartine)  – 400 metros

Lagoa – 700 metros

Rua Vicente Solaris (entre a Avenida Bandeirantes e a Avenida Tiradentes)

Anhanduizinho – 3.550 metros

Arquiteto Vila Nova Artigas (entre a Avenida Gunter Hans e a Avenida Tancredo Neves) – 1,1 km

Avenida Ezequiel Ferreira Lima (entre a Avenida Vereador Thyrson de Almeida e a Rua da Divisão) – 1,7 km

Rua Jornalista Valdir Lago (ente a Avenida Ezequiel Ferreira e a Avenida Arquiteto Vila Novas Artigas) – 750 metros

Centro – 11,6 km

Rua Pernambuco (Entre a Avenida Ceará  e a 13 de maio) – 2,5 km

Rua Amazonas  (Entre as ruas Maranhão e 13 de maio) – 1,7 km

Rua Arthur Jorge (Entre a Avenida Rachid Neder e Rua Joaquim Murtinho) – 2,8 km

Rua Eduardo Santos Pereira (Entre as ruas 13 de Maio e Avenida Ceará) – 2,5 km

Rio Grande do Sul –  2,1 km

Entre as ruas Amazonas e Avenida Ricardo Brandão

Imbirussu – 3,8 km

Avenida Capibaribe (Entre as ruas Júlio de Castilho e Murilo Rolim Júnior) – 1,8 km

Rua Yokoama (Entre as avenidas Ministro José Linhares e  Presidente Café Filho) – 600 metros

Rua Ricardo Franco (Entre as ruas Júlio de Castilho e Fernando de Noronha) – 1,4 km

Prosa – 4,3 km

Rua Dr. Zerbini (Entre as ruas Arquiteto Rubens Gil de Camilo e Dr. Mário Gonçalves) – 1,1 km

Rua Dr. Michel Scaff (Entre as ruas Dr. Antônio Alves Arantes e Dr. Mário Gonçalves) – 800 metros

Rua Teldo Kasper (Entre as ruas Dr. Antonio Alves Arantes e Cel. Cacildo Arantes) – 500 metros

Rua Eduardo Machado Metello (Entre as ruas Dr. Antônio Alves Arantes e Rua do Orvalho) – 900 metros

Rua Marcino dos Santos (Entre Avenida Afonso Pena e Rua Raul Pires Barbosa) – 550 metros

Rua Oceano Atlântico – 450 metros

Bandeira – 1 km

Rua Cayova (Entre a Avenida Eduardo Elias Zahran e a Rua Marquês de Lavradio)