Campo Grande, MS
sábado, 28 de novembro, 2020

Notícias

Mídia CG > Notícias > PREFEITURA INICIA PROCESSO DE RASTREAMENTO DO TRANSPORTE DE RESÍDUOS PARA COMBATER DESCARTE IRREGULAR

PREFEITURA INICIA PROCESSO DE RASTREAMENTO DO TRANSPORTE DE RESÍDUOS PARA COMBATER DESCARTE IRREGULAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

As secretarias de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), de Segurança e Defesa Social (Sesdes), Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e Agência Municipal de Tecnologia da Informação (Agetec) estão reunidas nesta semana para etapa inicial do processo de implantação do Controle de Transporte de Resíduos (CTR) no formato eletrônico, com a realização de reuniões técnicas e capacitações aos servidores que irão atuar nessa sistemática.

O CTR tem por objetivo agilizar a troca de informações entre Poder Público e as empresas que prestam serviços de coleta e transporte de resíduos da construção civil e, também, o rastreamento de entulho, para combater o descarte irregular.

O programa é um avanço importante frente ao combate ao descarte irregular de resíduos. O secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luis Eduardo Costa, ressalta a importância desse rastreamento dos resíduos, bem como a economia para o município, visto que não terá custo para implantação. Isso porque as empresas do ramo assinaram um Termo de Cooperação e irão fornecer os instrumentos necessários para a implantação do CTR em formato eletrônico.

“Hoje, 80% dos municípios brasileiros não conseguem tratar adequadamente seus resíduos. Em Campo Grande são descartados cerca de 5 mil toneladas/mês de resíduos da construção. A partir da implantação do controle de resíduos, estima-se que 45 mil toneladas/mês serão descartadas em locais/empresas devidamente licenciados. Por ano, no Brasil são descartados 100 milhões de toneladas, o equivalente a sete mil prédios de 10 andares em resíduos da construção. Agora, Campo Grande contará com esse sistema que irá acompanhar a correta destinação dos resíduos”, declarou o secretário.

Sobre o CTR

Assinaram o Termo de Cooperação as empresas CG Engenharia Ambiental LTDA, Ambiental Solutions EPP e Progemix Resilix Reciclagem do Brasil LTDA. O documento é exigido dos operadores que exploram a coleta e o transporte de resíduos da construção civil, com a finalidade de comprovar a correta destinação deste material.