Campo Grande, MS
domingo, 9 de maio, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > PREVISÃO DE CHUVA FORTE ADIA FERIA MÃOS QUE CRIAM

PREVISÃO DE CHUVA FORTE ADIA FERIA MÃOS QUE CRIAM

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

A Feira Mãos que Criam, marcada para acontecer neste domingo, dia 05 de maio, teve que ser adiada por conta da previsão de chuvas fortes. A nova data já foi definida: dia 19 de maio. A Feira Mãos que Criam, um projeto da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) idealizado para valorizar ainda mais a cultura e o talento dos nossos artesãos em um espaço cativo da Capital, a Cidade do Natal.

Uma vez ao mês os campo-grandenses têm a oportunidade de conferir a produção de mais de 120 artesãos em um evento com entrada gratuita, para toda a família, com brinquedos para as crianças, praça de alimentação e música de qualidade.

A Mãos que Criam acontece todo segundo domingo do mês, mas especialmente em maio foi agendada para este domingo por conta do Dia das Mães, na intenção de oferecer mais uma oportunidade para garantir o especial presente para as mães. No entanto, por conta da previsão de fortes chuva para este final de semana, foi adiada.

O local do evento foi pensado para atrair a população que curte frequentar os altos da Afonso Pena aos domingos, afinal, se tem uma coisa que já faz parte da rotina da cidade é tomar um tereré checando à vista do Parque das Nações Indígenas. Às 18 horas o público confere os hits nacionais no show do músico Ricardo Gael, que se apresenta pela primeira vez na Feira. E a garotada se diverte com as piscinas de bolinhas, cama elástica e parede de escalada.

De acordo com a Secretária da Sectur, Melissa Tamaciro, a Feira é um acontecimento inspirador para família daqui e para quem visita nossa cidade. “A feira traduz, por meio de seus produtos, nossas características culturais e todo o potencial de geração de renda que o artesanato e a gastronomia local podem gerar, dando vida pra um dos espaços de lazer mais  adorados de Campo Grande”, pontua.

A praça de alimentação é comandada por associados da AACCGMS (Associação de Artesanato e Gastronomia Típica). Serão servidos pasteis, cachorros quente simples e self service, espetinho gourmet, arroz carreteiro, caldo de cana, pipoca, lanches diversos, bala baiana, bolo de pote, geléias, pimentas, tapioca, além do corumbaense sarravulho e do regional sobá pantaneiro, com caldo feito de costela.

A artesã e gestora da Praça dos Imigrantes, Sônia Albuquerque, explica que a Mãos que Criam é a única Feira de Artesanatos que atende todas as associações. “Ela foi criada para dar apoio às associações de artesanatos e gastronomia de Campo Grande. Apresentamos artesanatos e trabalhos manuais regionais, decorativos e utilitários com cerâmicas, mosaico, sementes, cabaças, barbantes, pallets, tear e muitos outros materiais”.

Todas as edições contam com apoio e participação da PROART, SINART, UNEART, ARTEMS, AMI,  API, AACCG, INCUBADORA, GOURMETERIA CRIATIVA, FAC e SEMU.