Campo Grande, MS
domingo, 23 de janeiro, 2022

Saúde

Mídia CG > Saúde > PROGRAMA DA PREFEITURA CAPACITA POLICIAIS PARA ATUAREM COMO COLABORADORES NO COMBATE AO AEDES

PROGRAMA DA PREFEITURA CAPACITA POLICIAIS PARA ATUAREM COMO COLABORADORES NO COMBATE AO AEDES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Autoridades presentes durante a abertura da capacitação. (Foto: SESAU).

Policiais de várias unidades da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul ( PMMS) participaram na manhã desta quinta-feira (14) de capacitação do programa “Integrado Intersetorial de Colaborador Voluntário” da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais da Secretaria Municipal de Saúde (CCEV/SESAU). A partir da adesão ao programa, os militares devem auxiliar ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya – dentro e fora dos quartéis através da difusão de informações e ações práticas.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, destacou a necessidade de união de esforços e engajamento de todos nas ações de prevenção através da coletividade. O titular da SESAU lembra que este no é esperado um aumento considerado, principalmente de casos de dengue, o que aumenta ainda mais a necessidade do envolvimento de toda a sociedade.

“Precisamos despertar na sociedade o sentimento de colaboração. Se cada um fizer a sua parte nós iremos vencer a guerra contra mosquito”, complementou.

Militares de várias unidades participaram da capacitação. (Foto: SESAU).

Militares de várias unidades participaram da capacitação. (Foto: SESAU).

O comandante-geral da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta destacou a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido e o empenho da secretaria nas ações e reafirmou a parceria no combate ao aedes.

“Essa capacitação é de grande valia, pois os policias militares estão imbuídos com o bem estar e a segurança da população, sendo assim estaremos atuando e orientando também a comunidade nesta guerra contra o mosquito”, disse.

Estiveram presentes durante a abertura da capacitação a superintendente de Vigilância em Saúde da SESAU, Veruska Lahdo,  o coordenador estadual de vetores, Mauro Lúcio, o, Chefe do Estado-Maior-Geral da PMMS, Coronel Alexandre Rosa Ferreira, entre outras autoridades.

Colaborador Voluntário

Lançado  em março do ano passado como estratégia no combate ao mosquito Aedes aegypti, o programa “Integrado Intersetorial de Colaborador Voluntário” ganhou maior notoriedade a partir da publicação do decreto nº13.766 de 23 de janeiro de 2019, assinado pelo prefeito Marquinhos Trad. Ela institui oficialmente o programa, o tornando referência como ferramenta de cooperação ao congregar esforços no controle da proliferação do mosquito no âmbito interinstitucional. A previsão é ampliar o programa com a adesão de novos parceiros.

O gerente técnico da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV), Marcos Luiz de Oliveira.

Marcos Luiz explica que o programa nasceu com objetivo de instituir a cultura da prevenção, implementando ações compartilhadas entre o poder público e privado, propiciando às empresas envolvidas no processo condições para desenvolverem de modo eficiente o programa de prevenção evitando as doenças de caráter endêmico e epidêmico.

“A proposta foi criada para levar  tanto à instituições públicas como as privadas essa preocupação onde o colaborador voluntário recebe capacitação e treinamentos para o combate do mosquito Aedes aegypti, sendo todo o aparato técnico e operacional oferecido por nós”, diz.

Em 2018 foram realizadas 180 adesões (implantações) do programa em órgãos e instituições públicas. Para este ano a previsão é ultrapassar esta marca, com processo já iniciado na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Polícia Militar (15 unidades), Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), CEINF’s -Centros de Educação Infantil (101 unidades), Águas Guariroba (8 unidades), SESC (8 unidades) e Senac (3 unidades).

Desde a implantação do programa a equipe de gerenciamento técnico do programa no município tem realizado capacitações técnicas com os servidores das instituições que fizeram adesão, a fim de implanta-lo, e buscar multiplicadores no controle de vetores em Campo Grande.

Entre os colaboradores estão o Comando Metropolitano do Corpo de Bombeiros e seus 09 batalhões, a Funesp juntamente com seus parques e praças espalhados por Campo Grande, o 15° Batalhão da Policia Militar Ambiental e a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) onde 100% dos Colégios Municipais tanto em perímetro urbano quanto nas zonas rurais aderiram.

Selo Instituição Parceira da Saúde

O programa consiste ainda em premiar as empresas que se mantiverem, por um período de seis meses, livres do risco de proliferação do Aedes aegypti. Elas vão receber o Selo “Instituição Parceira da Saúde”.