Campo Grande, MS
quinta-feira, 26 de novembro, 2020

Educação

Mídia CG > Educação > PROJETO DA REME VALORIZA O PAPEL DO RÁDIO E ESTIMULA A APRENDIZAGEM DOS ALUNOS

PROJETO DA REME VALORIZA O PAPEL DO RÁDIO E ESTIMULA A APRENDIZAGEM DOS ALUNOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
DSC_0156

Em tempos áureos da capital campo-grandense, o rádio era a forma mais abrangente e rápida das pessoas terem entretenimento, ouvir notícias e obter informações, mesmo nos bairros mais afastados da região central. Além das notícias que movimentavam o cenário nacional e regional, estes aparelhos também levavam à população, através de suas antenas, as emoções das populares rádio novelas, líderes de audiência. Muitas destas histórias, com o advento da televisão, ganharam adaptações e puderam ser conferidas por gerações mais novas através da telinha.

No entanto, para os jovens e crianças de hoje que tem na internet sua maior diversão, até mesmo as adaptações televisivas são desconhecidas.

DSC_0166Por isso, para propiciar a mesma sensação que os ouvintes do século passado sentiam ao acompanhar uma rádio novela, nove escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) produziram a Rádio Novela, “O Pequeno Príncipe”, baseada no livro do mesmo nome do escritor francês Antonie de Sant-Exupery. A idéia foi comemorar os 75 anos de lançamento da obra e os 119 anos de Campo Grande.

A história deste, que é um dos principais personagens da literatura mundial, foi narrada ao vivo, nesta quinta-feira (23), no auditório da Semed, em forma de capítulos, por alunos das nove escolas que produziram a rádio novela. O livro “Pequeno Príncipe conta um personagem que vivia sozinho em um planeta que tinha três vulcões, dois ativos e um extinto e uma flor. O orgulho da rosa arruinou a tranquilidade do mundo do príncipe e o levou a começar uma viagem em busca de amigos, que o trouxe finalmente à Terra, onde encontrou diversos personagens a partir dos quais conseguiu repensar o que é realmente importante na vida.

O programa faz parte do projeto “Diálogos em Educomunicação”, que este ano contempla 46 unidades escolares e é coordenado pela Divisão de Tecnologia Educacional da Reme. O projeto de rádio visa atender crianças da Rede Municipal, com programas variados, como o jornalismo informativo, esportivo, cultural, entre outras temáticas que são oferecidas durante o intervalo no sistema de som das unidades.

Objetivo do projeto

DSC_0116“Diálogos em Educomunicação – Rádio Escola” tem como objetivo oportunizar um canal de comunicação entre os alunos e a comunidade escolar, que busca a valorização da cultura sul-mato-grossense.

A intenção do projeto é levar música, dança, cinema, artes plásticas e visuais folclore, cultura popular, teatro e literatura às unidades através das ondas do rádio. Com estas ações, espera favorecer a relação social entre os estudantes e o meio acadêmico que habitam em busca de aprimorar a qualidade de manuseio das mídias, comunicação e aprendizagem.

Aprendizagem

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, prestigiou o evento e ressaltou o trabalho desenvolvido como uma ferramenta de desenvolvimento educacional para as crianças da Rede Municipal.

“É gratificante esse momento de assistirmos o desenrolar do trabalho dos alunos dentro das instituições. Esse era um sonho antigo dentro das escolas. Esse trabalho contribui com a leitura, motivando o aluno em suas atividades”, disse.

O chefe da Divisão de Tecnologia Educacional, Guilherme Ferrari, responsável por implantar e gerenciar projetos na área tecnológica da Semed, comenta sobre a importância desse tipo de ação nas escolas.

“A maior importância é o desenvolvimento da capacidade de comunicação. O aluno ao participar da rádio, não precisa de habilidades. O desenvolvimento da capacidade de se comunicar é o maior ganho de todos, de fazer parte de uma equipe”, destacou.

Solange da Silva, técnica responsável pelo projeto “Diálogos” destaca a relevância na área de aprendizagem para os alunos.

DSC_0115“O projeto ajuda a diminuir muito a desinibição. Hoje os alunos escrevem e leem como muita facilidade, tem mais interpretação de texto, porque, todas as matérias que eles divulgam tem todo um trabalho de pesquisa porque eles só podem publicar na rádio aquilo que eles sabem, então eles tem que saber o contexto, a história”, explicou.

Motivação e evolução

Natanael Teixeira, 13 anos, aluno do 8° ano, aluno da escola Arassuay Gomes de Castro, fala sobre o projeto da rádio e sua atuação.

“Eu acho muito interessante, é uma forma de incentivar os alunos, a cultura, realmente é um projeto muito legal. Estou aprendendo a melhorar a dicção das palavras. Na minha escola eu apresento o Arassuay News. Temos reunião de pauta. Tem três anos que apresento”, afirma.

O aluno da Escola Geraldo do Castelo, Victor de Sá Silva, do 5º ano, que participa do projeto em sua escola comenta que seus pais motivam sua atuação e que está familiarizado com o tema da rádio novela, pois está lendo o livro neste momento.

“Eu gosto de teatro, de arte. Meus pais gostam, minha mãe dá aula de teatro, então ela me ajuda. Quando tenho um personagem, ela faz o outro. Estou lendo o livro e gostando bastante”, contou.

JEVA NEWS

No ano passado o Educomunicação lançou o projeto “Jeva News”, na Escola Municipal “João Evangelista Vieira de Almeida”, localizada no Bairro Santo Amaro, que consistia na criação de uma rádio dentro do ambiente escolar da unidade.

A idéia foi uma junção das iniciais do nome da escola, e oportunizar um canal de comunicação entre os alunos e a comunidade escolar, buscando valorizar a cultura regional, através da música, dança, cinema, artes plásticas e visuais, teatro, literatura entre outros. A Rádio reservou 30% de sua programação para a divulgação da cultura regional.