Campo Grande, MS
sábado, 8 de maio, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > PROJETOS DE ARTE E ESPORTE DA REME AMPLIAM ATENDIMENTOS E BENEFICIARÃO MAIS DE 30 MIL ALUNOS

PROJETOS DE ARTE E ESPORTE DA REME AMPLIAM ATENDIMENTOS E BENEFICIARÃO MAIS DE 30 MIL ALUNOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Com a proposta de estimular o convívio social e incrementar o aprendizado pedagógico, a Reme (Rede Municipal de Ensino) lançou neste sábado (23), a edição 2019 dos projetos Esporte Escolar, Esporte Adaptado e Arte e Cultura, desenvolvidos pela Deac (Divisão de Esporte, Arte e Cultura), da Reme.

_DSC2418

O lançamento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, representantes de federações esportivas, instituições e parceiros que contribuem com a realização dos eventos promovidos ao longo do ano pela Deac, além do presidente da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública), Lucílio Nobre e superintendentes da Semed. Este ano serão oferecidos 19 modalidades esportivas e 22 linguagens artísticas e culturais em 94 Unidades Escolares e 25 EMEI’s com estimativa de atendimento de cerca de 38 mil alunos, mais do que o dobro de atendimento em relação ao ano passado, quando foram contemplados 12.753 alunos em  21 modalidades esportivas.

Por meio de aulas extracurriculares, os projetos acontecem no contraturno escolar e possuem diferentes modalidades esportivas coletivas e individuais, além do paradesporto e atividades nas linguagens artísticas, abrangendo as artes visuais, cinema, circo, dança, balé, música e teatro.

As atividades artísticas, paradesportivas e esportivas oferecidas nos projetos, têm como foco o caráter educacional e o desenvolvimento integral da criança e do adolescente, de forma a favorecer a consciência de seu próprio corpo, levá-las a explorar seus limites, aumentar as suas potencialidades e desenvolver o espírito de solidariedade, respeito e cooperação mútua.

Comunidade na escola

A secretária de Educação, Elza Fernandes, destacou o empenho da gestão em ampliar a carga horária dos profissionais que atuam nos projetos, para contemplar um número maior de alunos. “Sempre abracei os projetos porque acredito que eles são ferramenta importante no processo de ensino-aprendizagem”, ressaltou. A secretária também revelou que, logo após o Carnaval, nove escolas da Rede passarão a ficar abertas aos sábados para receber atividades recreativas e esportivas, contemplado toda a comunidade escolar.

_DSC2135

“Acredito que quando levamos as famílias para dentro das unidades, os resultados são outros porque os pais têm uma visão de pertencimento daquele espaço, além de contribuir com a disciplina do aluno”, disse.

O chefe da Deac, Marcos Antonio Lopes, destacou a importância dos parceiros que viabilizam espaços para a realização das ações e os benefícios de levar os projetos às escolas logo no início do ano letivo. “Isso só foi possível graças ao apoio que nossa equipe sempre teve da gestão. Temos liberdade para trabalhar e criar ações que têm como foco o bem-estar e aprendizado de nossos alunos”, enfatizou.

Valorização

Para o professor Diego Vidal de Almeida, que trabalha com o  esporte adaptado na escola Harry Amorim Costa e com o tênisi de mesa na escola Padre Tomaz Ghirardelli, levar os projetos para as unidades logo no início do ano letivo revela o respeito que a gestão tem com os alunos e a preocupação em valorizar o trabalho dos profissionais. “Quanto ao esporte adaptado é imensurável esse estímulo porque inserimos o aluno que muitas vezes estava excluído do meio social, dando a ele autonomia e novas oportunidades devido ao atendimento mais individualizado que podemos oferecer”, ressaltou.

Já a professora Renata Soares de Oliveira terá o desafio, este ano, de trabalhar conteúdos na área de Áudio Visual com as crianças do 1º ao 5º ano da escola Nagem Jorge Saad. Ano passado ela trabalhou com as Artes Cênicas e enfatiza a importância do projeto. “Eu vi o quanto o teatro contribui para o comportamento e rendimento escolar. Espero obter os mesmos resultados nessa nova modalidade”, disse.