Campo Grande, MS
quarta-feira, 2 de dezembro, 2020

Saúde

Mídia CG > Saúde > Rede pública vai distribuir repelente às grávidas contra o Aedes aegypti

Rede pública vai distribuir repelente às grávidas contra o Aedes aegypti

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Foi sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) a lei que determina que a rede pública de Saúde de Mato Grosso do Sul comece a distribuir, gratuitamente, repelentes para gestantes, com objetivo de prevenir a transmissão de dengue, chikungunya e zika vírus no Estado. Além do produto, a rede deve orientar e dar assistência às grávidas, para diminuir a contaminação pelo vírus, diminuindo assim a incidência de doenças, principalmente a microcefalia.

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado de hoje (23), os repelentes devem ter em sua composição o princípio ativo Icaridina na concentração recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

Ainda segundo a lei publicada hoje, a rede pública deve realizar um levantamento de gestantes em pré e pós-natal, por meio dos agentes comunitários de saúde. Após esse levantamento, visitas devem ser feitas para esclarecimentos e combates ao mosquito Aedes aegypti.

Por fim, a lei determina também que haja acompanhamento médico e clínico às crianças diagnosticadas com microcefalia. A nova legislação entra em vigor a partir de hoje.