Campo Grande, MS
sábado, 16 de janeiro, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > Secretário de Segurança designa membros para o Conselho Comunitário de Segurança de Nova Andradina

Secretário de Segurança designa membros para o Conselho Comunitário de Segurança de Nova Andradina

Fonte: Portal do MS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (20), resolução do Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, designando membros para compor o Conselho Comunitário de Segurança (CCS) de Nova Andradina, para o triênio 2020/2023.

Conforme a publicação, a diretoria do Conselho será composta por Etiene Cintia Ferreira – presidente, Walter Aparecido Bernegozzi Junior – vice-presidente, Jaber Cledson da Silva – 1º secretário e Gustavo Pagliarini de Oliveira – 2º secretário.

A resolução que entra em vigor na data de hoje traz também a lista com os nomes dos 24 membros efetivos do Conselho Comunitário de Segurança de Nova Andradina, que são pessoas voluntárias, com mais de 18 anos, que residem no município e se dispuseram a contribuir com o trabalho de integração da comunidade com as forças de segurança locais.

A Resolução Sejusp/MS/N.º 898 que designa os novos membros do CCS está publicada nas páginas 23 e 24 do DOE de hoje e pode ser acessada clicando aqui.

Sobre os CCS

Os Conselhos Comunitários de Segurança resultam de uma parceria que reúne técnicos e profissionais da área de Segurança Pública, Associação de Moradores, Associação de Pais e Mestres, Clube de Mães, Educadores, Estudantes, Profissionais Liberais, Líder Religioso e Comunidade em geral.

Os CCS são compostos por grupos de pessoas do mesmo bairro ou município, que se reúnem para discutir, analisar, planejar e acompanhar a solução dos problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais.

Cada Conselho é uma entidade de apoio as polícias estaduais nas relações comunitárias, e se vinculam, por adesão, às diretrizes emanadas da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, por intermédio da Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública tem como representantes em cada CCS, o comandante da Polícia Militar, o delegado da Polícia Civil e o comandante regional do Corpo de Bombeiros Militar da área.

As reuniões ordinárias de cada Conselho são bimestrais, realizadas normalmente no período noturno, em imóveis de uso comunitário, segundo uma agenda definida por período anual. Com legitimidade reconhecida pelas várias esferas de governo e institutos independentes, os CCS representam hoje uma ampla, sólida, duradoura e bem-sucedida iniciativa de polícia orientada para a comunidade.