Campo Grande, MS
quinta-feira, 6 de maio, 2021

Educação

Mídia CG > Educação > SEMED LEVA PROJETO VALORIZAÇÃO DA VIDA A MUNICÍPIOS DO INTERIOR

SEMED LEVA PROJETO VALORIZAÇÃO DA VIDA A MUNICÍPIOS DO INTERIOR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Criado ano passado com foco no combate à depressão, bullying e no fortalecimento dos laços familiares, o projeto “Valorização da Vida”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande (Semed), está chegando a diversos municípios do interior de Mato Grosso do Sul.

Valorização da Vida_3

Desde o início do ano, a iniciativa inédita na Rede Municipal de Ensino (Reme), passou a chamar a atenção de gestores de diversas cidades do Estado, que têm entrado em contato com a equipe que desenvolve o projeto nas escolas, para realizar as formações no interior.  Profissionais da área da educação de cidades como Ponta Porã, Rochedo, Bataguassu e Camapuã já receberam a equipe de psicopedagogas da Reme, que este mês voltarão a Rochedo e Camapuã para realizar uma capacitação aos profissionais.

De acordo com a superintendente de Gestão e Normas da Reme, Alelis Gomes, a experiência de levar o projeto para outros municípios representa a possibilidade de também aprimorar a ação. “É um prazer imenso poder contribuir com  outros parceiros com o nosso trabalho que tem sido exitoso e, ao mesmo tempo, essa interação serve como pesquisa para melhorarmos e comprovarmos que os problemas são os mesmos, não importa o número de habitantes de uma cidade”, disse.

A psicopedagoga Liara Barbosa Vieira Nogueira explicou que as reuniões consistem em palestras que abordam temas relacionados à adolescência, saúde mental e os fatores que levam aos transtornos mentais. Enquanto realizam a formação, as psicopedagogas desenvolvem atividades com foco na interação de grupos.

Além de Liara, as dinâmicas são aplicadas também pela psicopedagoga Maria de Fátima Vaz dos Santos e pela professora Mônica Cristina Silvano, as mesmas realizadas nas formações que acontecem nas escolas da Capital. Em uma delas, por exemplo, os participantes se dividem em duplas, onde a tarefa é falar enquanto o outro apenas ouve. Toda a proposta tem o objetivo de preparar os professores a fazer com que os alunos reflitam sobre seus conflitos, estimulando a autoestima.

Valorização da Vida_4

“Também falamos sobre a necessidade do profissional se cuidar e perceber quando precisa pedir ajuda porque para auxiliar o outro a pessoa tem que estar bem consigo mesma”, disse Liara. A equipe ainda orienta os profissionais sobre como perceber situações de sofrimento entre os alunos e a melhor forma de acolhimento, de forma que os alunos que estejam enfrentando algum conflito sintam-se seguros para falar sobre seus sentimentos.

Parcerias e apoio

Para os gestores que já receberam a equipe de psicopedagogas nos municípios, a parceria firmada com a Semed está sendo um apoio ao trabalho já desenvolvido nas secretarias de educação para identificar alunos com problemas emocionais.

“É uma oportunidade importante que nos foi dada para conhecer e trazer à nossa cidade esse projeto. Nossas escolas também sofrem com essa realidade triste que é a depressão entre os jovens, que às vezes até praticam a automutilação. Precisamos de parcerias que nos ajudem a abraçar essa causa e oferecer ajuda aos alunos que gritam por socorro”, enfatizou a secretária de Educação de Camapuã, Andreia Santos Silva.

Na opinião da diretora de uma das unidades da Rede Municipal de Rochedo, Marta Lira, a formação é um suporte aos professores. “É importante porque vai ajudar nossos profissionais a detectar os jovens que estejam passando por problemas emocionais, deixando bem claro o valor da vida”, disse. .

Valorização da Vida_2

Já em Ponta Porã a equipe da Semed participou do projeto “Círculo da Paz”, que integra uma ação maior, o projeto “Cultura da Paz”, que tem o objetivo de discutir com os alunos da Rede Municipal, temas como bullying, cyberbullying. bullyng, depressão na adolescência e até suicídio.

A primeira-dama de Ponta Porã, Vânia Peluffo, disse que buscou o apoio da equipe da Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande para ampliar a ação já realizada nas escolas do município. “O trabalho foi de crucial importância para o desenvolvimento do projeto da cultura da paz que já desenvolvemos desde ano passado e veio corroborar e acrescentar ao trabalho de psicologia positiva que estamos elaborando juntamente com o projeto valorização da vida, pontuou a primeira-dama, que afirmou que a equipe da Semed deve, em breve, retornar ao município para dar continuidade às capacitações.

Também integram a equipe do projeto Valorização da Vida as psicopedagogas  Luciene Soares de Souza Caxias, Rosyanni Nogueira Tabosa Ibrahin e o gerente de Gestão da Educação Báscia, Heraldo Stockler Bojikian.