Campo Grande, MS
quarta-feira, 25 de novembro, 2020

Educação

Mídia CG > Educação > SEMED REALIZA ELEIÇÃO PARA CONSELHO MUNICIPAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

SEMED REALIZA ELEIÇÃO PARA CONSELHO MUNICIPAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Diretores das 95 escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme), além de membros das APMs, alunos e representantes de pais das unidades escolares participaram na noite desta sexta-feira (31) de eleição para compor o Conselho Municipal de Alimentação Escolar, órgão que regulariza a distribuição da merenda escolar, além de viabilizar a participação popular neste processo.

O evento aconteceu no auditório do Centro de Formação Lúdio Martins Coelho, na Secretaria Municipal de Educação (Semed) e elegeu dois conselheiros titulares e dois suplentes, representantes de alunos e pais que terão mandato até 2022, totalizando oito membros.

O Conselho foi instituído por meio da Lei nº 3.177 e tem o objetivo de auxiliar a gestão na execução do Programa de Municipalização de Alimentação Escolar nos Estabelecimentos de Ensino da Rede Municipal, visando assegurar o padrão de qualidade dos alimentos adquiridos pela gestão municipal.

Além de fiscalizar todo o processo de distribuição dos alimentos, os integrantes também cuidam para que os cardápios da alimentação escolar sejam compatíveis com os hábitos alimentares dos alunos do município, dando preferência aos produtos in natura e prioridade aos produtos da região

SONY DSC

Para garantir a eficiência do trabalho, cabe ao Conselho desenvolver ações, como a realização de campanhas educativas de esclarecimento sobre o Programa de Alimentação Escolar. Os membros do órgão têm um mandato de quatro anos, podendo ser reconduzidos de acordo com a indicação dos seus respectivos segmentos.

Representando os pais, a dona de casa Giovana Taís Cordeiro Sanchez Lemos, foi uma das titulares eleitas. Mãe de três alunos da Reme, que estudam na escola Nazira Anache e no Ceinf Mary Sadalla Saad, ela acredita que a participação popular nas ações desenvolvidas nas unidades é fundamental para uma gestão democrática. “Os pais precisam se inteirar do que acontece nas escolas e ficar mais próximo dos filhos e a alimentação escolar é um elemento essencial que precisa ser visto com carinho. Eu sempre me preocupo com o atendimento feito aos meus filhos e estou animada para participar do Conselho”, disse.

Aluno da Educação de Jovens e Adultos da escola Adair de Oliveira, Emerson Monteiro Rosa, contou que sempre busca participar de grupos e organizações de bairro no sentido de contribuir com sugestões que fortaleçam as ações em prol da comunidade. Pai de um aluno com intolerância ao glúten e que também estuda na Reme, ele afirma estar satisfeito com a alimentação escolar oferecida, principalmente com a oferta das fórmulas especiais oferecidas às crianças que comprovam algum tipo de alergia.

“Eu cobro as organizações, mas para isso precisamos participar. Estou satisfeito com o atendimento que temos e pela qualidade da merenda servida hoje nas escolas, mas é importante contribuirmos para que a alimentação escolar seja cada vez melhor”, afirmou.