Campo Grande, MS
quinta-feira, 4 de março, 2021

Saúde

Mídia CG > Saúde > SESAU RECEBE VIATURA PARA REFORÇAR TRANSPORTE INTER-HOSPITALAR DE PACIENTES

SESAU RECEBE VIATURA PARA REFORÇAR TRANSPORTE INTER-HOSPITALAR DE PACIENTES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Secretário de Saúde, Marcelo Vilela, recebendo as chaves do veículo do comandante do CBMMS, coronel Joilson. (FOTO: SESAU).

Termo de doação foi assinado nesta tarde. (Foto: SESAU).

Termo de doação foi assinado nesta tarde. (Foto: SESAU).

A Secretária Municipal de Saúde de Campo Grande (Sesau) recebeu nesta quinta-feira, (19) uma viatura de resgate (ambulância), doada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS), que será empregada no transporte inter-hospitalar. As chaves do veículo foram entregues ao secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Joilson Alves do Amaral.

O veículo Peugeot Furgão modelo Boxer 350 deverá receber nova caracterização e será equipado sendo integrado a frota do Serviço Móvel de Urgência (SAMU), para ser utilizado principalmente na remoção e transportes de pacientes das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Centros Regionais de Saúde (CRSs) aos hospitais.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela,  reforça que, em operação, o veículo será importante para dar maior celeridade no atendimentos aos pacientes e, consequentemente, reforçar o serviço, contribuindo para desafogar o SAMU.

“Nós ficamos muito felizes porque através desta viatura será possível dar mais celeridade na transferência de pacientes que se encontram hoje nas UPAS e CRSs e precisam ser removidos para os hospitais.”, diz.

Por fim, o secretário agradeceu o apoio do Corpo de Bombeiros Militar e do Governo do Estado, que se mostram sensíveis em relação às necessidades da Capital, garantindo assim uma melhora na assistência prestada a população.

“Essa parceria é extramente importante porque o saldo é extramente positivo. Aqui, atendemos pacientes não só de Campo Grande, mas de todo o Estado e tendo esse apoio, nós podemos assegurar que estes tenham um atendimento com um pouco mais de dignidade. Os problemas existem, mas todos os esforços estão sendo feitos para que eles sejam superados”, finaliza.

DSC07458