Campo Grande, MS
domingo, 23 de janeiro, 2022

Notícias

Mídia CG > Notícias > Técnica de hidroponia gera oportunidade de aprendizado e ocupação produtiva no presídio de Nova Andradina

Técnica de hidroponia gera oportunidade de aprendizado e ocupação produtiva no presídio de Nova Andradina

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Uma horta hidropônica foi instalada no Estabelecimento Penal Masculino de Nova Andradina (EPMNA) com o objetivo de gerar qualificação profissional de custodiados na área, além de proporcionar ocupação produtiva e a possibilidade da unidade contribuir com instituições sociais da cidade.

O projeto foi idealizado pelo diretor do presídio, Edir Rubens Queiroz Campos, com o foco na capacitação dos internos na área agrícola, conhecimento que pode representar geração de renda quando conquistarem a liberdade.

Ação também tem objetivo de qualificar detento

O plantio foi iniciado no final do último mês e conta com o trabalho de quatro reeducandos que, pelo serviço, recebem remição de um dia na pena a cada três trabalhados, conforme estabelece a Lei de Execução Penal (LEP). Os internos participaram também do processo de estruturação dos espaços. Na unidade, também existe o método tradicional de cultivo na terra.

A horta hidropônica conta com 12 canteiros distribuídos em um sistema feito à base de canos de PVC. No local já foram plantados alface, rúcula e almeirão. A intenção é que o plantio atenda o consumo local e o excedente seja doado a creches e à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

No sistema hidropônico, as hortaliças são imersas numa solução de água contendo os micro e macro nutrientes necessários para o desenvolvimento da planta, livre dos problemas climáticos externos (chuvas, ventos e insolação), de forma a acelerar o crescimento das plantas, com aumento de produtividade e uniformidade na produção, se comparado ao cultivo tradicional.

A ação faz parte da política de ações da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) para a ressocialização de detentos e a redução nos índices de reincidência criminal.

Além da unidade de Nova Andradina, a hidroponia também é desenvolvida na Penitenciária de Três Lagoas desde 2014.

Fonte: Portal do MS