Campo Grande, MS
quarta-feira, 12 de maio, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > TRÉGUA DAS CHUVAS GARANTE AVANÇO DOS TRABALHOS DO REVIVA

TRÉGUA DAS CHUVAS GARANTE AVANÇO DOS TRABALHOS DO REVIVA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

O tempo firme e o empenho das equipes estão garantindo a aceleração dos serviços na obra de requalificação da Rua 14 de Julho. De acordo com dados da Engepar, empresa executora da obra, a rede de esgoto já está concluída em todo o trecho, da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Mato Grosso. O trabalho retirou toda a tubulação antiga, substituindo pela nova. A parte mais pesada da infraestrutura na obra, que demandou um grande trabalho de escavação, a drenagem, também está praticamente concluída.

IMG_5859 (Copy)

Simultaneamente às obras de revitalização da Rua 14 de Julho, a Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS) está fazendo a expansão da rede de gás natural para atender os comerciantes e moradores da região. Serão 2,5 quilômetros de rede, da Fernando Corrêa da Costa até a Avenida Mato Grosso, e investimentos que poderão chegar a R$ 2 milhões. Até agora, foram executadas, aproximadamente, 80% das obras de tubulação de gás natural.

Outra tarefa visando adiantar o cronograma é a instalação da nova rede subterrânea, onde já foram lançados 20% dos cabos de energia.

Interdição parcial

Esta semana, na Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho, está sendo feita a impermeabilização das caixas pré-moldadas de telecomunicação e elétrica. São caixas onde são instalados os equipamentos e há a interface entre as redes das ruas que cruzam a 14 e a nova instalação. A previsão de execução dos trabalhos é de 3 a 4 dias. Neste período, o trecho está reduzido a uma faixa de rolamento.

Entre as Ruas Maracaju e Antônio Maria Coelho, está sendo finalizado o embutimento das infraestruturas e, na sequência, começam a preparar o pavimento.

O cronograma das obras está dentro do prazo.

Os trechos que permanecem interditados são: na 14, entre a 15 de Novembro e a Afonso Pena – com previsão de liberação na próxima semana; da Afonso Pena até a Barão (cruzamento, inclusive) e da Barão até a Dom Aquino. Além disso, entre a Maracaju e Antônio Maria Coelho.