Campo Grande, MS
quarta-feira, 16 de junho, 2021

Notícias

Mídia CG > Notícias > Vereadores aprovam mudança na jornada de trabalho de agentes de saúde

Vereadores aprovam mudança na jornada de trabalho de agentes de saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Serão 6 horas diárias de atividade de campo e 2 horas para atividades complementares.

Os vereadores de Campo Grande aprovaram, na sessão desta quinta-feira (4), alterações na jornada de trabalho de Agentes de Combate de Endemias e Agentes Comunitário de Saúde. Pela proposta, fica estabelecida em 40 horas semanais, com 6 horas diárias de atividade de campo e 2 horas para atividades complementares.

O autor da proposta, vereador Chiquinho Telles (PSD), justifica a medida, pois os servidores ocupantes desses cargos, “quando precisam realizar em campo as oito horas diárias de sua jornada”, sempre extrapolam e trabalham bem mais do que aquela estabelecida”.

Com a mudança, estes agentes trabalharão em contato com a população assistida em seis horas diárias e possibilita desenvolverem as duas horas restantes em local de livre escolha, executando trabalhos complementares, como a elaboração de planilhas e relatórios.

Para a mudança ser efetivada, falta ser sancionada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) e publicada no Diário Oficial da Capital. O projeto também é assinado por João Rocha (PSDB) e Carlão (PSB).

Outros projetos

Em única de discussão e votação, foi mantido o veto parcial do Poder Executivo ao PL (Projeto de Lei) 8.651/17, que institui o “Programa Lagoa Itatiaia Viva”. Os autores do projeto são os vereadores Eduardo Romero (Rede), Dr. Lívio (PSDB), Gilmar da Cruz (PRB), Delegado Wellington (PSDB) e Veterinário Francisco (PSB).

Em segunda discussão e votação, foram aprovados mais dois projetos. O PL 8.903/18, que altera a lei 1.914, de 18 de setembro de 1980, que declara de utilidade pública municipal o Centro Espírita Organizado Caminheiros de Jesus. A proposta é de autoria do vereador Carlão.

E o PL 8.969/18, que institui no calendário oficial de eventos de Campo Grande, o Dia Municipal do Gari, de autoria dos vereadores Carlão e Chiquinho Telles.

Créditos Richelieu Pereira