Campo Grande, MS
quinta-feira, 26 de maio, 2022

Educação

Mídia CG > Educação > PROJETO CONTROLADOR JOVEM LEVA PROTAGONISMO CÍVICO A ESTUDANTES DA REME

PROJETO CONTROLADOR JOVEM LEVA PROTAGONISMO CÍVICO A ESTUDANTES DA REME

Fonte: PMCG

O projeto Controlador Jovem, iniciativa da Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Controladoria-Geral do Município (CGM), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), vai levar para os jovens das escolas municipais noções de controle e participação social, bem como, reflexão acerca das políticas públicas educacionais.

A ideia é envolver os estudantes e toda a comunidade escolar em uma experiência pedagógica, que contribuirá para a disseminação de conhecimentos práticos sobre o controle social, voluntariado, consciência ambiental e diversos outros temas que levam a um despertar cidadão.

Para participar será necessário acessar o site: https://controladorjovem.campogrande.ms.gov.br/ e inscrever a equipe participante. Cada equipe escolar deverá ser formada por um monitor (selecionado pela direção e equipe escolar) e quatro alunos (auditores selecionados pelos alunos).

As equipes vão disputar entre si as avaliações auditadas por eles. Serão premiadas cinco escolas, nas classificações: 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª colocação com prêmios em dinheiro (para a escola), Ipad (para o monitor) e celulares (para os auditores). Também haverá um sorteio de Ipad (para o professor) e bicicletas (para os alunos).

A estudante Nicolle Amarilha Vantis, de 13 anos, da Escola Municipal Advogado Desmosthenes Martins, diz que o projeto é muito importante, principalmente nesta volta presencial.

“Acho muito importante, neste momento, pois são dois anos sem aulas presenciais, agora é focar na melhoria do ensino. Isso já está sendo feito, as escolas estão trabalhando para melhorar tudo que perdemos”, afirma.

Em relação à estrutura escolar, que é uma das situações que serão avaliadas pelos alunos auditores, se necessita de intervenções, por exemplo, a jovem já adianta que na escola dela precisa aumentar a altura dos muros. “São muito baixos”, diz.

A secretaria municipal de Educação, Alélis Izabel de Oliveira Gomes, comenta que o projeto é focado, neste momento, principalmente, para os alunos que já vão para o ensino médio, de forma a conscientizá-los desse protagonismo juvenil.

“A ideia é motivar a clientela escolar e acredito que haverá uma participação considerável, porque depois desses dois anos parados, eles querem se envolver, querem participar, e este é o momento de trabalhar a participação deles na escola, no bairro, na sociedade em que estão inseridos”, afirma a secretária.

O controlador Geral do Município, Luiz Afonso de Freitas Gonçalves, finaliza e diz que o projeto tem como grande objetivo despertar nos alunos e nas alunos da Rede Municipal de Ensino despertar o espírito participativo e cidadão.

“Trabalhando em equipe, o aluno terá a possibilidade de melhorar o seu ambiente escolar, identificando situações que necessitam de adequações e investimentos”, conclui.