Campo Grande, MS
terça-feira, 24 de novembro, 2020

Notícias

Mídia CG > Notícias > Servidores pedem retirada de Projeto de Lei sobre Regime de Previdência Complementar

Servidores pedem retirada de Projeto de Lei sobre Regime de Previdência Complementar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Representantes do Fórum dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul se reuniram, na manhã desta sexta-feira (13), com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (MDB), para solicitar a retirada de tramitação do Projeto de Lei 08/2018 que visa instituir o regime de Previdência Complementar aos servidores da Administração Pública do Estado, com base na Reforma Previdenciária. O grupo alega que a proposta, do Executivo, é inconstitucional e foi encaminhada à Casa de Leis sem debate prévio junto à categoria interessada.

“Mais uma vez, o Governo fez esse projeto sem discutir conosco. A gente pleiteia que seja retirado o projeto de tramitação, porque não foi discutido”, informou um dos coordenadores do Fórum e participante da reunião, Ricardo Bueno. Segundo ele, a iniciativa do Governo do Estado é inconstitucional. “Em âmbito nacional, já tem alguns estados que deram a inconstitucionalidade disso. Estamos sendo um estado que está fazendo algo diferente de todo o Brasil e a gente pede a retirada do projeto”, enfatizou.

O documento entregue ao presidente da Assembleia pede a realização de audiência pública e apresentação de estudo dos impactos sobre as modificações pretendidas. “Estou recebendo as questões trazidas e sugiro uma reunião com a CCJR [Comissão de Constituição, Justiça e Redação] desta Casa para que os senhores apresentem os argumentos e seja feita a avaliação dos pedidos e também da constitucionalidade do tema”, disse Junior Mochi aos presentes, entre eles representantes dos servidores das áreas da saúde, educação, transporte e polícias.