Campo Grande, MS
quarta-feira, 2 de dezembro, 2020

Educação

Mídia CG > Educação > ALUNOS DE ESCOLAS MUNICIPAIS VISITAM A 14 DE JULHO EM AULA SOBRE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

ALUNOS DE ESCOLAS MUNICIPAIS VISITAM A 14 DE JULHO EM AULA SOBRE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Um novo olhar sobre a Rua 14 de Julho está sendo construído em decorrência do Reviva Campo Grande. Com a via requalificada, o roteiro histórico salta aos olhos no espaço que conta o início e o desenvolvimento da cidade. Nos imóveis antigos, um pouco de cada época arquitetônica que figurou por aqui, muitos ainda desconhecidos pelos alunos do nono ano da Escola Municipal José Mauro Messias da Silva, o Poeta das Moreninhas.

IMG-20190905-WA0019

Essa turma de 30 alunos faz parte do projeto de Educação Patrimonial, desenvolvido desde o ano passado pela Sectur  (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) e Semed (Secretaria Municipal de Educação). Em 2019, o projeto que contempla sete escolas, mais de 700 estudantes, ganhou ainda a parceria com a Fundação de Cultura do Estado, que entrou com aulas de fotografia para a garotada.

A professora de fotografia Amanda Marques acompanhou a aula prática realizada na Rua 14 de Julho, onde cada aluno conseguiu imprimir um olhar único para Campo Grande. “É um processo importante para esses jovens quando falamos em valorização do patrimônio. Muitos não sabem a história da cidade e, a proposta é, com o olhar deles, identificar dentre as fotos que já viram, o que é de interesse histórico”.

É justamente essa percepção de valorização do patrimônio a proposta do projeto, além de formar agentes multiplicadores de informação. “O objetivo é trazer essa conscientização sobre patrimônio, a cidade, os bens, para que eles consigam se identificar enquanto história e desenvolvam a visão de preservação, de cuidar, de saber as origens e querer projetar isso para o futuro”, reforça a arquiteta e urbanista da Sectur, Isabelle Xavier de Oliveira.

IMG-20190905-WA0006

O professor Adriano Souza Ramos, que acompanhou a visita, destaca ainda a importância dos alunos vivenciarem o espaço da cidade. “Muitos não conhecem a região e, com o projeto, é possível sentir o centro, o calor, a obra, o contraste dos prédios antigos com prédios novos. Essa rua é testemunha da história de Campo Grande e quando mostramos a arquitetura, o paisagismo, a acessibilidade, eles se encantam com a cidade. É uma oportunidade para os alunos entenderem a requalificação”. Adriano ainda ressalta a possibilidade de trabalhar o tema da educação patrimonial de modo interdisciplinar, onde cada professor tem o seu olhar e direciona para cada disciplina, pega para si o exemplo que é mais pertinente.

Para as amigas Larissa Souza e Hemily Ramos, a aula prática na Rua 14 de Julho despertou a vontade de frequentar mais o centro da cidade. As estudantes não costumam ir muito para a região, mas as quadras mais bonitas, as calçadas mais largas, o paisagismo e as ilhas de descanso chamaram a atenção. Aliás, dos novos bancos ao longo da via foi o que Hemily mais gostou. “Está bem interessante, bem bonito, melhorando cada dia mais”. Opinião compartilhada por Larissa que destacou a oportunidade de conhecer mais a respeito de patrimônio. “Estamos tendo a oportunidade de ver muita coisa, estou achado bom demais”.

As fotos tiradas pelos alunos serão objeto de uma exposição ao final do projeto.