Campo Grande, MS
sábado, 28 de novembro, 2020

Notícias

Mídia CG > Notícias > CAMPO GRANDE INICIA IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE DE TRANSPORTE DE RESÍDUOS POR MEIO ELETRÔNICO

CAMPO GRANDE INICIA IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE DE TRANSPORTE DE RESÍDUOS POR MEIO ELETRÔNICO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
caçamba pmcg

Para agilizar a troca de informações entre Poder Público e as empresas que prestam serviços de coleta e transporte de resíduos da construção civil e, também, o rastreamento de entulho para combater o descarte irregular, o prefeito Marquinhos Trad assina na quarta-feira (15), às 15h, em seu gabinete, o Termo de Cooperação que irá viabilizar a implantação do Controle de Transporte de Resíduos (CTR) no formato eletrônico.

Desta forma, a Secretaria de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), juntamente com a Agência Municipal de Tecnologia da Informação (Agetec) e Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), começarão a implantar, ainda nessa semana, o modelo de CTR eletrônico.

O novo sistema visa o controle da destinação dos Resíduos da Construção Civil (RCC) permitindo o rastreamento desde o gerador até a unidade de destinação. O transportador precisa portar o CTR eletrônico, obrigatoriamente, toda vez que coleta, transporta e destina o RCC em uma área (aterros, ATT’s e áreas de reciclagem).

Outro benefício é a maior agilidade na emissão do CTR. Com senha web, o documento poderá ser feito em qualquer lugar.

O transportador acessará o sistema online com o registro referente ao seu cadastro e preenche o CTR eletrônico com todas as informações referentes ao gerador e à unidade de destinação antes da colocação da caçamba no gerador e/ou transporte de RCC. Os CTRs eletrônicos serão baixados imediatamente, via internet, pelas áreas de destinação no ato da descarga. Os CTRs não baixados serão bloqueados e o transportador estará sujeito às sanções previstas nas leis.

Além disso, o CTR eletrônico vai municiar a fiscalização municipal e possibilitar ao gerador a verificação quanto à destinação do resíduo.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, destaca o importância desse avanço no monitoramento e gestão dos resíduos da construção civil “Iremos implementar mecanismos de controle e monitoramento dos resíduos da construção, permitindo a facilitação da comunicação entre a administração municipal e os operadores autorizados que realizam a coleta desses resíduos. E, portanto, fiscalizando a efetiva e correta destinação aos resíduos da construção” destacou.

Sobre CTR

O documento é exigido dos operadores que exploram a coleta e o transporte de resíduos da construção civil, com a finalidade de comprovar a correta destinação deste material.